Câmara Municipal de Guaratuba

Rua Carlos Mafra 494, Centro, Guaratuba - Paraná - Fone (41) 3442-8000 | 3442-8001 - camara@camaraguaratuba.pr.gov.br - Atendimento Público: 12 as 18 | Sessões: Segunda as 20hs

Atenção!

Qualquer dificuldades no acesso ao portal da transparência é por motivos de mudança de software de gestão pública

ATA DA (15ª) DECIMA QUINTA SESSÃO ORDINARIA DO SEGUNDO PERIODO LEGISLATIVO DE 2.015 - DIA 30 DE NOVEMBRO DE 2015 - ÀS 20h 00min – DECIMA NONA SESSÃO DO SESSÃO SEGUNDO PERIODO LEGISLATIVO

. -------------------------------------------------------------------

DATA - HORARIO – LOCAL – aos trinta dias do mês de novembro do ano de dois mil e quinze às vinte horas no Plenário da Câmara Municipal de Guaratuba, Estado do Paraná. --------------------------------------------------------------------

PRESENÇAS – MORDECAI MAGALHÃES DE OLIVEIRA – Presidente, MAURICIO LENSE - Vice-presidente, SERGIO ALVES BRAGA – Primeiro-Secretario, FABIO LUIZ CHAVES – Segundo Secretario e demais Vereadores: ANA MARIA CORREA DA SILVA, ARTUR CARLOS DOS SANTOS, CATIA REGINA SILVANO, ITAMAR CIDRAL DA SILVEIRA JUNIOR, JOÃO ALMIR TROYNER, JUAREZ SERAFIM TEMOTEO, LAUDI CARLOS DE SANTI, MARIA DA SILVA BATISTA E RAUL CHAVES. ------------------------------------------------------------------------------

ABERTURA – Presidente declarou aberta a Sessão pediu ao Vereador Itamar Cidral da Silveira Junior fizesse a leitura do texto bíblico. -------------------------

APROVAÇÃO DA ATA DAS SESSÕES DO DIA 23 E 24 DE NOVEMBRO DE 2015- NÃO HOUVE RESTRIÇÕES E O PRESIDENTE CONSIDEROU APROVADAS. EXPEDIENTES RECEBIDOS - ofícios do executivo. -------------------------------

PROPOSIÇÕES/INDICAÇÕES DOS VEREADORES -----------------------------

Vereadora Maria da Silva Batista – patrolamento, encaibramento e limpeza das valetas na Avenida Paranavai. Vereadoras Asna Maria Correa da Silva – viabilidade para construção de Ponte Pensil no rio canasvieira no Limeira. Vereador Mordecai Magalhães de Oliveira – patrolamento e colocação de material na Avenida Mafra, boca de lobo na Rua Tenente Eduardo Newman. Vereador João Almir Troyner – patrolamento e colocação de material na Rua São Jose da Boa Vista, possibilidade de patrolamento e colocação de material na Rua Engenheiro Beltrão. Vereador Artur Carlos dos Santos – manutenção nos semáforos, força tarefa de roçada nos principais pontos turísticos e vias públicas, manutenção da iluminação pública na Travessa Jose de Alencar. Indicação do Vereador João Almir Troyner – possibilidade de instalação de Academia ao Ar Livre na localidade do Morro Grande, recuperação urgente das pontes penseis das localidade do Rio Bonito e Pedra Grande do Araraquara. TODAS AS PROPOSIÇÕES E INDICAÇÕES FORAM APROVADOS. ------------------

REQUERIMENTOS DOS VEREADORES - -----------------------------------------

Vereador Artur Carlos dos Santos – informações detalhadas de todos os valores repassados aos CMEIS desde janeiro de 2015 até a presente data. APROVADO.

MATÉRIA APRESENTADA - --------------------------------------------------------

Projeto de Lei n° 1.397 – autoriza o Chefe do Poder Executivo Municipal a celebrar Convenio de Subvenção com a Creche Recanto Paulo VI e dispõe sobre outras providências. ------------------------------------------------------------------

PARECER -  --------------------------------------------------------------------------

Proposta de Emenda a Lei Orgânica Municipal – retornou da Comissão de Constituição Justiça e Redação com parecer favorável com emenda. EM DISCUSSÃO O PARECER – EM VOTAÇÃO O PARECER – APROVADO. --------------

ORADORES INSCRITOS NO LIVRO DE DEBATES. ------------------------------ VEREADORA MARIA DA SILVA BATISTA – Cumprimentou o senhor presidente, senhoras vereadoras, senhores vereadores, público presente, internautas que os acompanham. Dirigiu-se ao senhor presidente dizendo que quer trazer novamente para a Tribuna as suas Proposições, e comentou que já esta chegando o final de ano e que tem tantas Proposições que estão acumuladas, disse que nesta semana ela visitou o Coroados e que foi rua por rua, disse que deparou com a rua do Ivan e que tinha uma lagoa e um monte de toiça de capim, e que a casa do vizinho do lado do seu Ivan que tem uma rua que chega até a casa deste vizinho, falou que foi mandado fazer esta rua e que ela soube que foi um vereador que mandou fazer esta rua, só para este senhor passar. Falou que tem muitas ruas com tantos moradores que pagam o IPTU, e que está à mercê a sorte, e disse que fica indignada com esta situação. Falou que a Rua Alvorada do Sul no sábado que passou, disse que três moradores vieram para suas casas para fazer limpeza para o final de ano e que não conseguiram chegar a suas casas. Comentou que depois dizem que ela fala mentira e que ela tem de escutar que existe força tarefa na cidade de Guaratuba, pediu que lhe poupasse e disse que acham que ela é burra. Falou que saiu da Rua Guanabara com o seu assessor, e que olhou e viu a Bob Cat, passeando, e que ela foi atrás com o celular na mão, disse que quando chegou na rua sentido praia, falou que o homem saiu da Bob Cat , e que o homem se espreguiçou, disse que o homem deveria estar cansado de tanto andar no Coroados sem fazer nada, disse que o home se espreguiçou novamente de cansado e que tirou o óculos, olhou a praia e retornou para a Bob Cat, disse que ela tirou fotos e que tem as fotos, disse que isso é um descaso, e perguntou se a Prefeita sabe o que esta acontecendo realmente. Disse que quando ela vem falar, que as pessoas dizem que ela vem falar mentiras. E que dizem que não é verdade e que existe força tarefa. Perguntou onde esta a força tarefa. Falou que a patrola passa no lodo para lá e para cá na lama, e que depois vaza. Disse que não vê nenhum caminhão de material, disse que depois ela vem reivindicar e que faz indicações, falou que o ano inteiro ela esta na Casa de Leis fazendo Proposição, disse que o vereador faz, e que a vereadora faz. Disse que se tiver a força tarefa e que se esta acontecendo à força tarefa, disse que não precisaria ter Proposições e que tudo esta sendo ajeitado.  Disse que se estão realizando os trabalhos que não precisa Proposições, falou que tem Proposições acumuladas, e que os vereadores estão copiando Proposições de vereadores, falou que as coisas não estão acontecendo.  Falou que definitivamente não existe força tarefa. Disse que se existir para pegá-la pela mão e para levá-la para mostrar onde esta a força tarefa. Perguntou se estão pensando que eles são palhaços, e que é na porta deles que as pessoas vão reclamar. Fez um pedido dizendo que chegou uma denúncia no seu gabinete, que o motorista da Saúde estava a cento e vinte por hora, falou que bateram foto da placa e que esta com ela.  Disse que o motorista coloca cinco, seis pessoas dentro da Topic, van, não sabe o que é, falou que vão levar os coitados em Campo Largo, Curitiba, e que quando retornam, disse que retornam desesperados, disse que tem pessoas que fazem Hemodiálise, que fazem radioterapia, quimioterapia, disse que é uma brincadeira e que é uma vergonha, disse que têm de acabar com esta palhaçada.  Comentou que se as pessoas já estão doentes, o porquê de vir neste desespero, e perguntou se o motorista não esta ganhando para trabalhar, disse que vai denunciar e que vai colocar o nome, mas falou que acredita que a Prefeita não sabe o que esta acontecendo, disse que quando ela esta falando a verdade e que se tiver alguém que lhe contrarie dizendo que é mentira, disse que é para vir á Casa para provar, disse que nunca ela virá na Tribuna para falar mentiras. Disse que o outro assunto é o Posto de Saúde de Coroados, comentou que onde era para ser feito um banheiro para pessoas especiais com deficiência Física, disse que no lugar esta o Correio, falou que na quarta feira ela foi ao Postinho e que tinha uma senhora em uma cadeira de rodas, e que o filho desta senhora teve que levá-la para casa para que ela pudesse fazer as suas necessidades físicas, porque no Postinho não tinha condições, disse que a senhora ou fazia no local ou que a senhora teria de ir para casa. Falou que estas coisas têm de ser debatidas na Casa e disse que esta fincando feio.  Disse que no ano que vem, tem política e que alguém vai querer vender peixe que não esta bom.  Comentou que outra coisa, foi na semana que passou que ela falou que a casa dela foi roubada, disse que a prefeita foi na Rádio e falou que a vereadora que tem de pagar para que seja colocadas câmeras na casa da vereadora, e que a vereadora tem dinheiro. Discordou da Prefeita, dizendo que mora a quinze anos no bairro Coroados e que a casa dela nunca foi roubada e que ela não vê necessidade. Disse que se alguém tem o compromisso, disse que é o Secretário de Segurança, que recebe, disse que não quer que o Secretário coloque câmeras na casa dela, e sim que o secretário coloque na rotatória, na Rua Minas Gerais, falou que na casa dela não precisa. Disse para não falarem bobagens que ela não admite. Falou que não foi pedir para o Secretário de Segurança colocar câmeras na casa dela, disse que a rua da casa dela é uma rua de lama, que é cheia de buracos, e disse que não é igual à rua da casa do Secretário que é toda asfaltada e cheia de segurança e câmeras que ela sabe que tem.  Disse que é uma bobagem e que passar por cima do seu discurso, falou que se o Secretário não gostou, disse que dinheiro entrou na conta do Secretário para ele trabalhar na Segurança. Disse que para desmentir o comentário, falou que o Pronto Socorro tem um carro para segurança. E que ele já cansou de ver o carro parado, falou que as sete o motorista chega com o carro e estaciona, e que as sete da noite ele vem buscar o carro e que faz uma ronda para ver se assusta os inimigos da Lei. Disse que para finalizar ela não esta desafiando ninguém e que nem desmentindo, ela falou que todos tem  direito de reclamar do que eles são cobrados, e que se é mentira ela falou que quer que provem, falou que vai pegar todas as ruas do Coroados e que vai colocar na internet e nas redes social, disse que aí ela quer ver quem vai falar em força tarefa, disse que só se a força tarefa for invisível, mas que não esta em lugar nenhum. Falou que foi na Cohapar na Rua Mandaguari que fica ao lado do Cemitério, disse que tem um amigo que mora nesta rua, disse que a rua é puro lodo, que é uma nojeira, que é uma lama, disse que quando faz sol que poderiam ir e arrumar, as valetas entupidas e que passam com as máquinas e que entopem tudo, falou que ao invés de ajeitarem para que os coitados que querem ir trabalhar, disse que não que deixam a Deus dará, comentou que venham no Plenário e que falam de força tarefa e que choveu quarenta dias, disse que parece que em Guaratuba choveu em dois mil e quinze desde o dia primeiro até agora. Falou que é revoltante. Parabenizou a direção da Rádio Alternativa pelo excelente programa do Marcelo Fuja Loco, Bom Dia Cidade, que o programa é das seis às nove da manhã, disse que é um Programa que iniciou na Rádio Alternativa, e que após este Programa como sempre e que é tradição vem o Eloi. Que também faz um excelente trabalho, que é um show de informação, parabenizou o Marcelo, e disse  que é assim que tem de ser, falou que se não estiver contente que tem de correr para outro, e falou que infelizmente eles não podem fazer isso, dirigiu-se ao vereador Almir, dizendo que se não estiveram contente que tem de continuar até terminar o mandato, mas falou que quem tem a oportunidade de não se sentir bem onde está, que tem de sair mesmo, e que tem de ser valorizado e que tem de trabalhar e mostrar serviço. Agradeceu. -----------------VEREADOR ITAMAR CIDRAL DA SILVEIRA JUNIOR – Cumprimentou o presidente Oliveira, a Mesa, senhores vereadores, senhoras vereadoras, público presente e comentou que tem um número diminuído de pessoas no Plenário, mas que todos os que estão que tem a consideração e o respeito do vereador, cumprimentou os internautas que estão lhe assistindo e os que vão assistir durante a semana o seu discurso.  Disse que tem feito o seu trabalho de maneira imparcial e que não tem muito se incomodado, mas disse que se ele esta incomodando algumas pessoas, disse que garante que algumas pessoas que ele esta incomodando é porque ele não tem a mesma linha e respeito ao dinheiro público como ele. Iniciou a sua fala lembrando o que disse um amigo seu durante a semana “que nada como um dia após o outro”, disse que teve quem acrescentou e colocou uma noite no meio. Fez a lembrança do dia anterior no campo de Caieiras da Copa Master que aconteceu com os veteranos, disse que jogou o Ypiranga que é o time do Secretário da Câmara, e que jogaram contra os amigos do Neno, disse que torceu pelos amigos do Neno, mas que não teve jeito, falou que o Ypiranga conseguiu ter um resultado melhor, disse que o Edilson não fez gol nenhum e que joga mal, disse que é brincadeira que o Secretário fez um golzinho. Disse que foi para descontrair. Explicou para os presentes o que está bem claro e o que foi manchete durante a semana, disse que não foi só dentro de Guaratuba, mas que em Jornais do Estado, falou que no primeiro momento ele esteve sim e que todos conhecem a história que estava junto com o vereador Artur atribuindo na função do exercício do Mandato, disse que foi uma fiscalização onde presenciaram sim a senhora Prefeita na condição de chefe do Executivo recebendo cadeiras na propriedade dela, disse que esta história foi peça que levaram pela oposição ao Ministério Público e disse que foi junto como todos os vereadores da oposição e advogada. Falou que esta peça tenta responsabilizar a prefeita no exercício do mandato pelo crime de improbidade administrativa, e que logo após ter feito, disse que denunciou já no momento e no vídeo o fato que gera a improbidade, falou que neste momento ele pediu esclarecimentos na Casa e disse que estão em suas mãos que vieram pela liderança do governo, e que diz que estava sendo utilizado pela Secretaria do Bem Estar Social e que o carro era da Secretaria de Assuntos Jurídicos. Disse que essa falsa verdade e que esta assinada pelo Procurador do Município, falou que gerou na quinta feira uma ação de falsidade ideologia por conta do Secretário de Segurança Pública do Município de Guaratuba e Procurador do Município Falou que o crime de falsidade ideológica é uma figura tipificada no artigo dois nove, nove, do Código Penal Brasileiro, que tem por origem “omitir um documento público ou particular declaração que deveria constar ou inserir, ou inserir declaração falsa ou diversa de que deveria ser escrita com o fim de prejudicar direito, criar obrigação ou alterar a verdade sobre um fato juridicamente relevante.” Disse que então a Promotoria Pública de Guaratuba que tem todo o seu respeito e que de momento como vereador que têm papel ambíguo, que é cuidar da verdade, disse que é fazer o trabalho de forma correta e zelar pela Constituição, e que tem o seu respeito quando fez a denuncia ao Procurador e Secretário de Segurança Pública da cidade de Guaratuba, disse que este senhor pela mentira, pela inverdade, por informações falsas que prestou a Casa, disse que o Procurador esta sendo penalizado por este crime do Código Penal. Disse que ele diante deste fato não vai omitir de expressar a verdade que a ele foi concedida, disse que o que pede na peça do que embasa a ação do Ministério Público que pede a função pública a suspensão dos direitos políticos por cinco anos e que com pagamento de multa equivalente a cem vezes o salário, e proibição de contratar por três anos disse que esta expressamente correta. APARTE VEREADORA MARIA DA SILVA BATISTA – perguntou se nesta devolução esta incluída os honorários de sucumbência que o Procurador recebe. VEREADOR ITAMAR – responde para a vereadora que é fato que não, mas que têm de registrar o fato que a vereadora traz, e que no momento a vereadora pode contar que não faz peça da ação do Ministério Público. Disse que quer deixar a população de Guaratuba, e que por participar da Casa, disse que tem de ter a independência dos poderes, disse que eles fazem parte do Poder Legislativo da cidade de Guaratuba, e que não devem ficar na Casa passando a mão na cabeça de Secretário e que muito menos de Procurador. Disse que o Procurador foi nomeado para defender a causa do Município, e não a causa própria e que nem a causa da senhora Prefeita, e que nem causas familiares, disse que nem perseguições políticas, que nada, disse que é para defender a causa que é o Município de Guaratuba. Falou que quando sim o Promotor da Comarca pede a função afastada, ou a pessoa afastada da função. Falou que concorda sim e que quer registrar o seu posicionamento, antes que eles cheguem a passar vergonha ainda maior, diante do fato que gera constrangimento em mídia. Disse que acredita sim que a senhora Prefeita, e que juntamente com a liderança do governo e que juntamente com os vereadores que tem de afastar conforme o pedido do Ministério Público, o Procurador do Município. Disse que por falsidade ideológica, e que tem de ser antes de ser manchete nos Jornais novamente, disse que já sabe e que já chegou rumores que esta chegando à mídia televisiva de modo geral no Brasil.Falou que se tiverem uma sentença no caso a qual afaste, que teram uma vergonha absoluta no município de Guaratuba.  Disse que depois não adianta dizer que o governo é transparente se trata com informação falsa.  Falou para não dizerem que é A ou B, que ele esta certo ou que ele esta correto, para que ele tenha o seu elogio o seu apoio, que têm de ser mandado informação verdadeira. Disse que nesta ação, peça do Ministério Público contra a senhora Prefeita por improbidade administrativa, que ela já teve a defesa preliminar negada, e que agora consequentemente vai ter novamente, que de forma prejudicial disse que vão colocar mais uma vez o município de Guaratuba em manchete de vergonha, por falta de palavra, por falta de verdade, disse que era muito simples ter explicado e ter penalizado, falou que o Procurador não é Procurador da Prefeita, que é Procurador do Município. APARTE VEREADORA MARIA DA SILVA BATISTA – disse que vão colocar isso na mão de Deus e não na mão da Prefeita, falou que acredita que a Prefeita que é uma pessoa que trabalha com transparência, disse que é isso que a prefeita sempre diz para eles, acredita que a prefeita vai tomar providências cabíveis, porque o cidadão é o secretário de Segurança, disse que os vereadores na Casa votaram em dois milhões e setecentos mil reais para segurança pública na cidade de Guaratuba, disse que esteve na Tribuna pedindo uma prestação de contas e acredita que a prefeita vai tomar uma providência cabível. VEREADOR ITAMAR – continua, dizendo que acredita que o pedido da Casa tem de ser analisado, e que o pedido do Ministério Público vais ser analisado pelo juízo que compete, e disse que antes, falou que é uma dica para a chefa do poder Executivo para que antes que cheguem no dia da vergonha, falou que já houve vários episódios, e que inclusive com este cidadão, e que este cidadão não gostou e que falou porque isso, porque aquilo. Disse que não esta falando e pediu para que seja registrado que ele não esta falando da pessoa deste cidadão, e disse que pouco lhe importa a pessoa, o futebol, à água, o que este cidadão faz da vida.  Falou que se o cidadão gosta de água ou de coca cola, falou que o que lhe importa é o que o cidadão tem feito na função do exercício do mandato, disse que é isso o que lhe incomoda e que é para isso que estão na Casa, e que o cidadão não é Procurador da Casa de Leis, que não é Procurador da casa da prefeita e que muito menos do governo Evani. Disse que o cidadão é Procurador da cidade de Guaratuba, e que é para isso que ele testa nesta função, que é para zelar para que não haja renuncia fiscal. Comentou que por falar em renúncia fiscal, que é uma boa lembrança, que ele teve, dirigiu-se ao vereador Fábio Chaves, disse que quando se chega a coisas de parentes, de pessoas próximas ao governo Evani, falou que parece que renuncia fiscal é algo que não se comenta.  Disse que quando se chega a coisa semelhante ou parecida com a família de vereadores na Casa ou com o comércio de vereadores,  disse que o tratamento é outro e que principalmente por parte deste cidadão. Comentou que esta sabendo que tem vereador envolvido e que mostre a ara para que seja tratado na casa e no juízo, na Lei, na claridade, disse que cristalina como a Casa tem de ser com o dinheiro público e com o direito as pessoas. Falou que tem balizado o seu discurso e que respeita todos os discursos dos vereadores, mas quer deixar claro que a função deste cidadão não é inerente de defesa, porque esta nomeado para defender não causa própria, mas sim a causa do Município de Guaratuba, falou que é só pegar a Lei Orgânica do Município, disse que quanto a pessoa deste cidadão, que isto não lhe incomoda que o cidadão faz da sua vida o que quiser, e que do Cargo de Procurador o cidadão faz o que a Lei permitir, Dirigiu-se ao vereador Artur dizendo que quer deixar claro que vai voltar quantas vezes forem necessárias para deixar o seu posicionamento. Disse que não vai deixar de encaminhar discurso por mais amargo que seja, falou que por mais amargo que façam ele passar por momento e dias terríveis, disse que vai conseguir colocar as pessoas no rigor da Lei, disse que pessoa por pessoa, falou que não estão de brincadeira, dirigiu-se ao  vereador Maurício. APARTE VEREADOR MAURÍCIO LENSE- disse que quer deixar bem claro que esse fato dessa denúncia que uma vez comprovada, falou que é uma afronta à Casa e não ao vereador. Falou que se for comprovado o fato, disse que será uma mentira que foi pregada para a Casa de Leis de Guaratuba, disseram que a Casa deve tomar uma iniciativa neste sentido de proteger os valores morais, valores éticos para que isso não se repita. Comentou que o vereador Itamar falou muito bem na questão do vereador que fala do bem e do mal, mas falou que parece que cada passo o vereador esta do outro lado. VEREADOR ITAMAR – volta dizendo que é muito discurso diferente da prática. Mas falou que a medida que for pedido para que se comprove, disse que não tem problema algum em comprovar, e disse que esta sempre muito balizado, sempre muito escutando a equipe jurídica para trazer  na Casa histórias comprovadas, e não contos de carochinhas, como quer provar o Procurador do Município, disse que o Procurador mandou contos de carochinhas para a Casa e disse que pensa, dirigiu-se ao vereador Mauricio, dizendo que devem refletir a nível de Guaratuba, o quanto tempo que eles devem star sendo enganados. Falou que se foi desta maneira, pediu para imaginarem os Projetos que chegaram na Casa, que podem ter beneficiado famílias de terceiros na Casa, disse que muito querem preocupar a família de um vendedor de churros, de um vendedor de milho, de um pipoqueiro, disse que isso muito querem prejudicar, mas falou que não tem problema, falou que a medida que isso seja uma provocação, disse que vai procurar todos os meios legai, para que possam colocar as pessoas interessadas neste prejuízo,para que possam responsabilizar  essas pessoas no rigor da Lei. Disse que para fazerem com os pequenos que são fáceis, disse que foi assim que o Brasil se desconstruiu, e que foi assim que o Brasil se desmoralizou, perguntou o porque de não enfrentarem os grandes, o porque que essas pessoas não enfrentam de verdade a Lei, e o porque que não fazem para a causa coletiva. Disse que este sempre muito preparado para vir a Tribuna e demonstrar coisas que a Casa pode se arrepiar. Falou que se puxarem como diz a caixa preta, se puxarem o buraco negro, disse que não é policial, dirigiu-se ao vereador Troyner com todo o respeito, dizendo que não consegue demandar tanto tempo, falou que tem coisas que já são caso de polícia, disse que não é mais caso de vereador, disse que não consegue. Dirigiu-se ao vereador Fábio Chaves dizendo que não consegue, disse que tem se apurar juridicamente, balizar a Lei Orgânica e trouxer para o Plenário, disse que é rejeitado tudo o que é contrária a Prefeita e que depois tem de ser levado para a Promotoria Pública, disse que é só isso que ele consegue, mas falou que tem caso de polícia já. Falou que acredita que a Casa já manchete de coisa negativa, falou que devem mudar a página, que devem deixar as famílias em paz, e que devem trabalhar pelo que é coletivo, e disse que não ficar pregando mentiras, disse que senão eles vão ter de voltar dirigiu-se ao vereador Artur, dizendo que vão ter de puxar tudo o que aconteceu durante os três anos, e disse que dentro do buraco negro sai monstro. --------------------------------------VEREADOR LAUDI CARLOS DE SANTI – Cumprimentou o senhor presidente, senhores vereadores, senhoras vereadoras, internautas, público presente. Iniciou dizendo que até concorda que em alguns casos saem monstros, disse que começa pela reforma da Casa na Gestão que passou, falou que de fato sai, e que inclusive o seu requerimento chegará no dia seguinte à Presidência, pedindo informações e documentos a respeito da Reforma da Câmara no biênio passado, disse acreditar que sairá monstros sim. Primeiramente leu uma nota que quando se trata da pessoa citada anteriormente, e que no caso é o Procurador do município. Disse que é a denuncia feita pelo Promotor que fez em um dia e que n o outro dia já não fazia mais parte do município e que o Promotor foi para outro município. Falou que esta denúncia ainda não foi acatada, e que não foi recebida pela Excelentíssima Juíza. Iniciou a leitura, “venho por intermédio do Líder do Governo desta Casa de Leis informar que não foi comunicado oficialmente sobre os fatos divulgados no site do Ministério Público acerca do incidente ocorrido no dia primeiro do seis de dois mil e quinze o qual envolveu um veículo de uso da Secretaria Municipal dos Assuntos Jurídicos e da Segurança Pública, os quais vem esclarecer e provar que não são verdadeiras no momento oportuno  deixo claro que fiquei surpreso com a referida notícia pois todas as informações prestadas pela Procuradoria Geral do Município são corroboradas por documentos ademais, o Procurador não peticiona ou oficia órgãos Públicos ou Privados ou em nome próprio, mas na condição de advogado público  investido nos poderes que lhe são conferidos na procuração pública outorgada pela Prefeita Municipal exatamente como advogado que atua nesta esfera privada peticionando em  juízo ou fora dele munido de uma Procuração de seu cliente  deixo claro que ainda tomarei todas as providências necessárias  a garantir a autonomia e a independência de minha atuação profissional e dos demais Procuradores e servidores da Procuradoria do Município inclusive já comuniquei demais Procuradores e servidores de outros municípios formalmente os fatos a Ordem dos Advogados do Brasil para que tomem providências cabíveis para defesa de minhas prerrogativas profissionais, por fim informo confio na Justiça e tenho certeza que tudo ficará esclarecido e tenho no momento  tempo oportuno quando for oportunizado o direito e a ampla defesa ao contraditório tudo será esclarecido e a verdade virá a tona e não isso que dizem por aí é o que tinha a informarAPARTE PRESIDENTE OLIVEIRA – disse que só quer fazer uma pergunta, disse que o antecessor falou que o Procurador foi penalizado por este crime, perguntou se existe alguma coisa de concreto, VEREADOR LAUDI – responde que não e isso é mais uma inverdade. PRESIDENTE OLIVEIRA – diz que o Procurador foi denunciado. VEREADOR LAUDI – disse que foi denunciado pelo Procurador PRESIDENTE OLIVEIRA – disse que na Palavra do Vereador Itamar disse que foi penalizado por este ato. VEREADOR LAUDI – responde que não, disse que isso é mais uma inverdade e que isso não ocorreu, e que foi notificado e indiciado pelo Promotor. PRESIDENTE OLIVEIRA – disse que então o Procurador foi denunciado. VEREADOR LAUDI – pediu perdão dizendo que usou a palavra errada, que é sim denunciado, disse que não é do conhecimento da Juíza e que dentro em breve dentro de poucos dias isto será esclarecido, e falou que neste dia inclusive ele esteve conversando com o Procurador, falou que o Procurador já esteve na ordem dos Advogados do Brasil onde já estão sendo tomadas as medidas cabíveis para que se esclareça isto, que foi de uma forma muito equivocada e errônea, falou que isso chegou a vazas de uma maneira muito equivocada por parte deste Promotor. Deixou claro quando se valou em valores quanto a Secretaria de Segurança, falou que não é advogado de ninguém, mas disse que quando foi falado em dois milhões que foi aprovado por todos os vereadores disse que este dinheiro esta sendo investido no Programa Guaratuba Digital que já esta sendo exemplo para as demais cidades, salientou que o belíssimo Projeto é defendido e que hoje esta sendo administrado pelo Secretário de Segurança e Procurador Dr. Jean, falou que o Secretário tem feito um belíssimo trabalho dentro da maior honestidade que cabe ao secretario. Disse que de fato fia um pouco surpreso quando algumas palavras são ditas em relação principalmente a força tarefa. Falou que todo mundo sabe que tem muita cosa ainda para ser feita, mas falou que infelizmente tem alguns vereadores que não conseguem enxergar um palmo na frente do nariz. Comentou que tendo em vista que as intempéries e o tempo têm atrapalhado, disse que isto é um fato e que infelizmente. Disse que ficam falando asneiras, falou que foi citado que a pessoa teve que sair de casa para fazer as necessidades físicas, disse que não seria fisiológica. Disse que necessidade física a palavra não esta correta. Falou que é só Deus na Obra, que é verdade. Falou que é revoltante e que esta palavra foi usada pela vereadora Maria, disse que é o despreparo de alguns vereadores. Comentou que gostaria de ir além quando se fala do secretário salientou mais uma vez e aproveitou o ensejo que esta na Tribuna, parabenizou e disse que neste dia esteve com o Secretário de Obras e que é testemunha do empenho do Secretário, de quanto tem corrido atrás de benefícios para tentar resolver mais rapidamente a questão das ruas. Citou a limpeza das valetas, mas falou que infelizmente as chuvas não têm permitido, falou que não tem como jogar uma patrola numa rua totalmente molhadas e alagadas ou encharcadas, disse que não tem como e que vai pior, disse que a necessidade é que o tempo melhore para que se possa fazer um trabalho bem feito. Citou também a Secretária de Saúde a senhora Angelita que tem se desdobrado e que tem feito um belíssimo trabalho, pela simplicidade da Secretária e pela competência, e a toda a equipe da secretária que é sempre prestativa quando qualquer cidadão ou cidadã procura a secretaria de saúde. Deixou um grande abraço a Secretaria de saúde. Salientou que citou os secretários anteriormente, citou o secretário Gil da sua esposa Evani, falou que o secretario tem se desdobrado dia a dia para que Guaratuba seja uma Guaratuba melhor para todos, disse que não tem dúvida pela lisura do Secretário Gil e pela lisura da prefeita Evani, disse que as coisas estão acontecendo, falou que é só quem anda pela cidade que vê as obras e que por uma dificuldade ou outra que deram uma parada e que esta retornando para deixar Guaratuba cada vez melhor, frisou que sempre o empenho da Prefeita Evani está aí para todos verem. Disse que vai ficar na metade da sua fala e que vai terminar a sua palavra da sua bancada. Agradeceu. ------------------------------------------------------------------------------------------ORDEM DO DIA – -------------------------------------------------------------------

Projeto de Lei n° 1386 – Dispõe sobre as Diretrizes para a elaboração da Lei Orçamentária Anual para 2.016 e dá outras providências. APRESENTADA DUAS PROPOSTAS DE EMENDAS DE PLENARIO. O Presidente colocou em votação as propostas de emendas. --------------------------------------------------------------

Proposta de emenda 01 – programa 53 – Programa Guaratuba Saúde. Retira do código 87 – manutenção da Rede municipal de saúde – média e alta complexidade valor de R$ 500.000,00. Cria Ação – Atividade – Aquisição de Mamógrafo valor de R$ 500.000,00. EM DISCUSSÃO A EMENDA – EM VOTAÇÃO A EMENDA – APROVADO. ------------------------------------------------------------

Proposta de emenda 02 – inclui no programa Guaratuba Saúde – Ação – Atividade Aquisição de Mamógrafo e Atividade UTI Móvel – valor de R$ 500.000,00. Retira do Programa Legislativo Municipal valor de R$ 500.000,00. EM DISCUSSÃO A EMENDA – EM VOTAÇÃO A EMENDA – REJEITADO COM 7(SETE) VOTOS CONTRA E 5(CINCO) VOTOS FAVORAVEIS. ----------------------

EM SEGUNDA DISCUSSÃO O PROJETO DE LEI COM AS EMENDAS – EM SEGUNDA VOTAÇÃO O PROJETO DE LEI COM AS EMENDAS – APROVADO.

PALAVRA LIVRE -  ------------------------------------------------------------------VEREADOR ITAMAR CIDRAL DA SILVEIRA JUNIOR - Iniciou dizendo que a Casa viu neste dia algo que lamentavelmente ele chama a atenção dos guaratubanos que o assistem, disse que a Presidência estava anunciando como ia ser, sendo que não ia mais, disse que estão desta forma totalmente descontentes com o Presidente e que ele fala de público, porque falou que desta maneira não cortaram na Casa, e que desta maneira eles empurraram uma rubrica que não vai ser cumprida, disse que já vai fazer três anos que eles estão lutando desde o começo, dirigiu-se ao senhor presidente dizendo que eles estão lutando pelo mamógrafo, e que a prefeita coloca e tira, e que a prefeita esta fazendo uma ilusão, falou que a Prefeita uns dias atrás foi até a Rádio e disse que se a população que quisesse que fosse para Paranaguá, ou que fosse à Clínica que contem um mamógrafo, disse que com todo respeito a Clínica, disse que não tem nada para falar a respeito da empresa particular, mas falou que dizem que vão pegar o orçamento e só dar uma mudada de lugar e que deveriam pegar o dinheiro que é da Câmara e mandar, disse que agora votaram na segunda atividade, que é contra uma UTI,  falou que ele não vai conseguir compreender nunca o que aconteceu na Sessão, mas dirigiu-se ao vereador Artur dizendo que esta sempre disposto pela causa pública, mas que as ações são repugnantes, e disse que não dá para aguentar uma situação desta. Falou que votaram contra o Orçamento só para mudar para que agrade o Executivo, disse que não vai entender e nem respeitar dessa maneira, disse que queriam que fosse tirado da Câmara e que foi assim que o Vereador Troyner assinou, e que foi assim que assinou o vereador Maurício, disse que não é só para mudar e dizerem que foram contra, disse que desta forma podem muito bem dizer que não tem dinheiro e não cumprirem, disse que não foi cumprido nos sete anos de governo. Dirigiu-se ao senhor presidente dizendo que para que Le não se estenda e para que ele não fique indignado ainda mais com a postura desastrosa da Sessão, disse que vai encerrar a sua fala. --------------------------------------------------------------------------------------------VEREADORA MARIA DA SILVA BATISTA – Disse que quer esclarecer no cérebro do ilustre Líder da Prefeita que não falou de residência e sim do Posto de Saúde do Coroados, falou que as pessoas não tem banheiro para que possam usar quando precisam nas suas necessidades físicas que vão para as suas casas. Falou que não é cega, e disse que o pior cego é aquele que não quer ver. Dirigiu-se ao vereador Itamar dizendo que do jeito que as coisas estão acontecendo na Casa, disse que nada vai acontece. Disse que não tem vergonha de dizer que enquanto existir vereador na Casa com puxadinho da Prefeita, que nada de bom vai acontecer na Casa. Agradeceu. -----------------------------------------------------VEREADOR MAURÍCIO LENSE – Iniciou dizendo que é muito lamentável o que esta acontecendo neste dia. Disse que foi votado na Casa um cala boca para os outros vereadores, disse que foi um calem a boca, que coloquem uma mordaça, falou que foi isto que foi votado na Casa.  Disse que é um absurdo a falta de democracia que esta acontecendo nesta Casa, falou que o jogo de emendas, e que tem outro com emendas, disse que até suportável, mas que agora, mas darem os vereadores calarem a boca oficialmente, disse que isso aconteceu neste dia na Casa. Falou que um vereador foi para a Tribuna falando que vai trazer um Requerimento sobre a reforma da Casa, a respeito da Gestão passado, disse que é realmente e que quer ver o resultado de tudo isso, e falou que o presidente era o senhor Mordecai Oliveira e que foi o autorizador da despesa. PRESIDENTE OLIVEIRA Disse que toda a documentação será entregue após. VEREADOR MAURÍCIO disse que estava falando e que é a sua fala, Pediu que o senhor presidente o respeitasse. PRESIDENTE OLIVEIRA – disse que o vereador Maurício é que tem de respeitá-lo. E que o vereador já entrou falando que a Casa votou um cala boca e pediu desculpas. VEREADOR MAURÍCIO – disse que realmente foi votado um ala boca. PRESIDENTE OLIVEIRA – disse que a oposição perdeu VEREADOR MAURÍCIO citou o artigo vinte e nove inciso oitavo da Constituição. PRESIDENTE OLIVEIRA – pediu que fosse cortado o som do vereador Maurício, e cassou a palavra do vereador conforme o Regimento no artigo vinte e três, e disse que quando o vereador Maurício estiver mais calmo que voltará a falar. ------------------------------------------------------------------------------------VEREADOR RAUL CHAVES - Pediu muita alma nessa hora. Cumprimentou o senhor presidente, senhoras, senhores vereadores, falou que não guarda dinheiro e que muito menos segredo. Falou que neste dia por intermédio do vereador Fábio que no Gabinete da Prefeita após as dezessete horas, disse que o que a prefeita passou para o vereador Fabio, foi que ela queria conversar com ele (vereador Raul), disse que vai ao gabinete da Prefeita no dia seguinte, e que ficou extremamente magoado e sentiu que tem pessoas nas quais não pode acreditar na Casa e confiar, disse que teve um churrasco o qual ele não participou, e que o churrasco foi na quinta feira, parabenizou os vereadores que foram no churrasco, falou que no dia ele não foi à Prefeitura porque ele acha que não deveria ir, disse que em determinados lugares ele não vai, falou que até no gabinete do Presidente ele entra só quando o presidente estiver sozinho, e que se tiver outro vereador ele não entra. Disse que nem que o vereador Fábio esteja no gabinete do Presidente ele não entra. Comentou que falaram coisas para a Prefeita, que citaram a filha dele, falou que é público e que todos os vereadores sabem que a filha dele esta na prefeitura, mas falou que tem filho de outros vereadores da Casa também, disse que tem filha e que é público que ninguém esconde, e que não é segredo para ninguém. Falou que quer escutar da boca da prefeita o que determinadas pessoas que fazem parte da Casa, que falaram para a prefeita, disse que na próxima reunião ele vai falar, comentou que foram falar o nome da filha dele e que perguntaram o que a filha dele faz na prefeitura. Disse que na casa dele ele sabe, que na Prefeitura quem sabe é a Prefeita, disse que se a filha dele estivesse na sobreloja da Châteaubriant, que ele ficaria chateado, que daí todo mundo saberia o que a filha dele estaria fazendo naquele local. Disse que encima da Châteaubriant a filha dele não esta ainda graças a Deus. Disse que não tem ninguém na família nesta situação. Comentou que foram falar da família dele, e que foram jogar sujo para ganhar ponto encima da prefeita. Disse que já falou para o presidente e que falou para o Líder que esta se afastando do grupo da Prefeita, e que no dia seguinte vai ser o último, disse que vai conversar com a prefeita que vai perguntar  o que foram falar, e que a prefeita vai ter que falar, disse que a prefeita já falou para o vereador Fabio, e que vai ter de falar para ele (vereador Raul), falou que na próxima segunda feira no Plenário, as pessoas vão ver o que é derrubar o cacete e descascar o Cambuí, disse que se tem algum vereador que quiser falar que vão falar na cara dele, pediu para que não coloquem a família dele, mas que já colocaram outras vezes, por isso ele esta magoado. Comentou que falaram coisas que não devem que falaram da mãe dele que teve dez filhos e que graças a deus foi uma senhora que respeitou sempre todo mundo, disse que a sua esposa sempre foi misturado tudo, mas disse que ele não se manifestou ainda, mas que esta engasgado. Disse que mais uma vez foi citado coisas para a Prefeita. Disse que isso são coisas que estão acontecendo na Casa, e que um esta querendo apunhalar as costas do outro, disse que a ele ninguém apunha-la porque ele n ao deve nada para ninguém e que não tem o rabo preso com ninguém, Disse que na Prefeitura esta só a filha dele, mas que se a prefeita quiser exonerar no dia seguinte. Falou que vai pedir para a prefeita exonerar, ou disse para a pessoa que foi no gabinete da prefeita que pessoa para que a filha dele seja exonerada, se tiver bala na agulha. Disse que é isso que ele vai ver e que na segunda feira ele virá ao Plenário, e que isso é mais um motivo para ele se afastar do grupo da Prefeita. Falou que vai conversar com a Prefeita no gabinete dela no dia seguinte, mas que ele não sabe o horário que ele irá, mas que isso vai ser resolvido e que a prefeita vai falar claramente quem andou falando para a Prefeita um monte de bobagens, um monte de estrume, disse que vai ficar assim.  Disse que vai falar mais uma coisa, disse que não tem afinidade com o vereador Almir, e que ele sabe que tenham divergências na Casa, mas que o vereador Almir estava em viagem e que colocou uma emenda de oitenta mil, disse que se o vereador aceitar o Requerimento que ele (vereador Raul) fez para cento e sessenta mil para concerto das pontes Pencil, disse que será mérito do vereador Almir e que ele (vereador Raul) passa a assinatura o seu pedido, perguntou ao vereador Almir se ele aceita, que ele fará isso e agradece. ----------------------------------------------------------------------VEREADOR MAURÍCIO LENSEPRESIDENTE OLIVEIRA pediu para que o vereador Maurício vá com calma e que sabe que os dois se exaltaram, mas. VEREADOR MAURÍCIO – responde que com certeza, e disse que vai começar a falar de outro assunto, falou que neste dia houve uma Reunião na Associação Comercial, e que ele foi convidado para tratarem a respeito dos moradores de rua, disse que neste ano aumentou muito e que precisava ser tomada alguma medida neste sentido, comentou que nesta reunião estava presente a secretária do Bem estar Social, secretária de Saúde, representante da Secretaria de segurança Pública, representante do Conselho Comunitário Dr. Jefferson Moro, Vereador Artur, Diretores da ACIG, o vice-presidente Vilmar que conduziu a reunião, disse que a reunião foi muito proveitosa, porque eles tomaram conhecimento das ações que já estão sendo realizadas pelas secretarias, e das outras possíveis ações que poderão ser realizadas de agora para frente e que inclusive a da Associação Comercial também, falou que são campanhas que poderão vir por ai. Disse que foi muito proveitosa a reunião e que pode ser um bom começo, e que no ano que passou foi realizada uma atividade desse tipo, e falou que surtiu bastante efeito. Falou que neste ano estava precisando novamente, e que inclusive ele fiou de contatar o pessoal que vai fazer a temporada de verão, da Polícia Militar, e da Polícia Civil, falou que em uma reunião eles poderão passar para a Polícia todas as ações que estão sendo realizadas para que eles possam conseguir um apoio maior para que as ações sejam realizadas. Disse que a reunião foi muito proveitosa, e que achou muito bacana. Parabenizou todos os times, todos os organizadores do Campeonato de Máster que foi realizado na Caieiras, agradeceu a comunidade também, disse que foi uma festa muito bonita que foi uma festa do esporte com muita alegria, e disse que quando a comunidade quer a comunidade faz, e que não precisa o poder público estar presente, falou que quando a comunidade quer que a comunidade consegue. Cobrou novamente a obra do cemitério, disse que é uma obra importante e que esta ficando complicada a situação das pessoas que precisam. Agradeceu. -------------------------------------------------------------------------------------------------------VEREADOR ITAMAR CIDRAL DA SILVEIRA JUNIOR – Disse que só queria entender uma situação, que gostaria de saber se poderiam marcar a Audiência Pública do Projeto PRESIDENTE OLIVEIRA - perguntou se é da LOA que o vereador esta falando. VERADOR ITAMAR – disse que a Audiência Pública da LOA é no dia seguinte, e que ele esta falando. PRESIDENTE OLIVEIRA - disse que estão aguardando e que não sabe se já tem o Parecer da Comissão e que estão aguardando o Parecer da Comissão para depois. VEREADOR ITAMAR - falou que tanto o vereador Almir como a Comissão que podem marcar. PRESIDENTE OLIVEIRA – falou que inclusive no dia seguinte tem semelhante, que não é a LOA, que é do PROER, e que ele não tem certeza, mas acha que no dia doze é a Formatura que é semelhante ao pedido do vereador Itamar. ----------------------------------VEREADOR SÉRGIO ALVES BRAGA – Cumprimentou o senhor presidente vereadores, vereadoras, demais, público presente, disse que as vezes ele fica prestando a atenção nos debates e citou que todos podem notar que ele não tem interferido, mas falou que tem algumas coisas e pediu para que fique bem claro na Casa e que o povo em geral deve saber disso também, falou que o Orçamento que esta sendo votado na Casa que é um Orçamento, que é uma previsão de Orçamento,  disse que se for feito uma emenda na área de saúde, ou no Turismo ou esporte, falou que tudo vai depender primeiro da arrecadação, e citou também o Orçamento do Legislativo, disse que o Orçamento do Legislativo é de quatro milhões e pouco, mas se for arrecadado, disse que esta conta é fechada agora no final do ano, disse que começa aí. Disse que o Orçamento da Saúde é de vinte e cinco por cento. Disse que a Prefeita já gastou trinta e dois por cento, neste ano. PRESIDENTE OLIVEIRA – corrigiu dizendo que é de dezessete por cento. VERADOR SÉRGIO pediu desculpas e corrigiu também, vinte e dois por cento, trinta por cento que vão gastar, disse que a Prefeita não pode gastar , corrigiu, disse que a prefeita tem de usar e que não pode gastar menos, que tem de ser usado este valor, este percentual, disse que a respeito da retirada de recursos do Legislativo, disse que não é tirar da nossa própria carne, disse que uma que não pode porque existe uma emenda constitucional  aprovada e que esta em vigor, que diz que cidades com até cinquenta mil habitantes, que era oito por cento antigamente e que passou a ser sete por cento que cabe ao Legislativo, disse que não pode dar porque esta no Orçamento e não pode ser dado. Disse que esta especificado o que pode fazer com este orçamento. Falou que o que poderia ser feito é o que o ex-presidente da Casa o vereador Claudio Nazário fez quando foi presidente da Casa. Disse que foi feito uma reserva e que foi tirado dez mil por mês, quinze mil ou cinco mil, tirando vinte, e disse para deixar no final e que pode ser jogando através de uma Proposição e assinado por todos os vereadores, por Moção e que deve ser entregue para a Prefeita com foi feito pelo ex-presidente Claudio Nazário. Disse que ao pode ser feito, falou que com que vai tirar de um Orçamento da Câmara um valor, se dentro da Casa esta específico onde vai ser usado o dinheiro.  Disse que todo mundo sabe na Casa e que ele não esta fazendo, disse que é até cinco por cento, disse que é até cento por cento e que antes era de oito por cento e que esta emenda constitucional mudou, falou que acima de cem mil habitantes que passa a ser oito por cento, disse que em Guaratuba ainda não tem cinquenta mil habitantes, então disse que é sete por cento. Falou que a própria emenda que eles apresentaram que não vai contra a oposição, disse que a Casa de Leis apresentou, disse que vai ser rejeitada logo, disse que tomara que saia, e que tomara que seja arrecadado e que se faça o que foi pedido. Falou que esteve na semana que passou com a Prefeita e que a prefeita esta com um convenio com uma médica e que a prefeita vai assinar por estes dias para ter um mamógrafo para usar, para ser atendido no consultório desta medica, falou que aí não vai ser preciso ir a Paranaguá a Joinville. Curitiba, Campo Largo. Disse que é uma saída.  Falou que estiveram na Secretaria de Saúde ele e vários vereadores que tentaram o mamógrafo no começo do ano, falou que o próprio secretário disse que não que era inviável para Guaratuba, comentou que o secretário disse que era mais fácil fazer um Convênio, disse que é o que ETA acontecendo agora que a prefeita esta fazendo convênios para atender a demanda da população. Falou que tudo é bem vindo, falou que tem de existir o debate, mas falou que tem de partir para outra linha, porque vai ficar ruim para todo mundo. Comentou sobre outra coisa que ele já pagou o preço no primeiro ano de mandato na Casa, disse que pagou o preço porque pessoas de dentro da Casa viraram a cara para ele por causa de fofocas nos corredores, e disse que não sabe por que cargas d’água, tudo era o Sérgio, o Sérgio, disse para falarem para ele também. Disse que se ele tiver alguma coisa para falar de alguém, falou que não manda recado, disse que chama com educação na sua sala, ele e a pessoa e que daí vão se entender. Disse que aí ele vai conversar e perguntar se falou isso, ou aquilo, para se entenderem. Disse que escutou o vereador Itamar falar na Tribuna que tem vereadores na Casa que falaram do comércio do vereador Itamar, falou que a carapuça para ele não serviu, dirigiu-se ao vereador Itamar. Disse que não é o seu papel, e falou que em outra ocasião aconteceu a mesma coisa sobre a família do vereador Itamar, comentou que disseram que ele tinha pedido a cabeça, falou que quem é ele para pedir a cabeça, disse que cuida da sua vida , falou que o vereador Almir esta na Casa hoje, e que a Vereadora Cátia estava presente na reunião com a prefeita, disse que não abre a boca, disse que em nenhuma reunião com a prefeita, disse que ficou quieto e que ficou na sua, escutando. VEREADOR ITAMAR – disse que o vereador Sérgio tem o seu respeito e que não é com o Vereador Sérgio. PRESIDENTE OLIVEIRA – disse para seguirem o Regimento. VEREADOR SÉRGIO – disse que é só para deixar registrado na Casa de Leis que ele não faz fofoca de ninguém, não fala mal de ninguém, e que se ele tiver alguma dúvida para ser discutida com alguém, disse que vai sentar e discutir com a pessoa, disse que isso ele aprendeu de berço com seu pai, e que aprendeu no Legislativo, falou que não adianta ficar jogando veneno no ar. Estragando o ambiente, disse que é isso que esta acontecendo, e que não chegar a lugar nenhum, falou que na Casa são treze vereadores e que não é um só. Disse que são os treze que vão pagar o pato fora da Casa, ele acha que todos têm de colocar a cabeça no lugar, e que se não vão com a cara dele, e se têm algum problema com ele, disse mesmo ele não fazendo nada, falou para o respeitarem, falou para se respeitarem um ao outro, disse que faz a sua parte e que ele sempre diz isso na Casa, falou que o voto é democrático, que a Casa de Leis é democrática, e que os vereadores vêm na casa para votar sim e para votar não. Disse que não podem deixar de votar, e que tem de ser respeitada a opinião de cada um, falou que isso é regra da casa. Disse que tem de ser respeitada. Falou que todos são adultos, que são pais de família, disse que têm família, e que os filhos é que depois ficam pagando, e escutando abobrinhas que não é. Falou que todos têm de por a cabeça no lugar, disse que estão perto do Natal mais uma vez disse que devem sentar e conversar e que se não quiserem conversar que pelo menos leve por outra linha, uma linha de Natal. Agradeceu. -------------------------------------------------VEREADOR JOÃO ALMIR TROYNER – Agradeceu a Deus e a Nossa Senhora Aparecida, nobres pares, senhores e senhoras, público presente, internautas. Disse que devem sim se dirigiu ao vereador Sérgio, dizendo que devem realiar Sessões harmoniosas, falou que não esta preferindo nenhum juízo de valor, falou que atos valem mais do que palavras, disse que não se pode dar exemplo do que não se pode fazer, falou que as divergências políticas são o mecanismo legal dentro de uma Casa de Leis, comentou que o que não podem é deixar que as divergências políticas façam desses pares que frequentam esse séquito que se tornem inimigos políticos. Comentou que ficou bem claro neste dia e que ficou bem claro em outras Sessões passadas o pronunciamento do vereador Raul, falou que eles tem sim uma divergência política  que isso é natural, falou que cada vereador pensa de uma maneira e que não existe a possibilidade deles quererem que todos pensem iguais. Falou que não podem ser inimigos políticos, de forma nenhuma. Falou que quando ouve as palavras do vereador Raul que na maioria das vezes vereador fala com o coração, que fala com a simpatia, e disse que o vereado Raul lhe deu a oportunidade de ir junto nessa emenda, dirigiu-se ao vereador Tato, dizendo que a emenda foi apresentada na segunda feira, diante das que eles já tinham apresentado, falou que se sente lisonjeado e até honrado por isso. Disse que isso faz parte de uma Sessão harmoniosa, que faz parte daquilo que o vereador Sérgio acabou de falar. Disse que tem de pensar em dialogar, em discutir, mas em benefício do povo. Falou que assim esta provado que as divergências políticas ficaram de lado, e falou que quem vai ganhar com essa emenda, são as pessoas, o povo que necessita das pontes, das estradas, da saúde, disse que isso mostra o amadurecimento que as pessoas estão tendo dentro da Casa. Falou que eles não podem se tornar pessoas sórdidas, citou o vereador Itamar, disse que não podem exarar tudo aquilo que querem fazer na Casa, dirigiu-se ao vereador Juarez, falou que eles sabem que o ponto final da pirâmide se chama “povo”, disse que foi o povo que os colocou na Casa e que o povo pode tirá-los também, falou que precisam relembrar o laço fraterno entre os vereadores, disse que é época de Natal e pediu para que esqueçam as divergências, e para fazerem com que o povo receba deles aquilo que o povo tanto quer, falou que são os pedidos do povo, os Projetos que são apresentados, disse que independente se um vereador se sobressai mais que o outro. Falou que eles têm de parabenizar quando chega a um local e que alguém elogia um vereador que não é ele, disse que o que não pode é quando alguém elogia um vereador que não é ele, e ele tentar desmoralizar o outro vereador só para ele ficar enaltecido, falou que isso é uma coisa que não pode acontecer e que nem Deus gosta disso, disse que devem sim saber que na história nem sempre a maioria esta certa, e que principalmente na Casa de Leis, e que tem treze vereadores e que cada um pensa de uma maneira, que cada um tem seus eleitores, e que precisam preservar seus eleitores, disse para fazerem com seus eleitores aquilo que o eleitor espera através do voto que deu. Falou que analisou e ouviu as palavras, disse que vê que eles não podem entrar para a delação tortura, falou que estão se encaminhando para a delação tortura, e que muito bem falou o vereador Sérgio que estão tentando um prejudicar o outro, disse que não é isso que o povo quer, e que o povo não quer vir até a Casa de Leis para verem os vereadores tornarem a Casa em um octógono, falou que não podem. Disse que podem até às vezes ficarem sentidos porque algum Projeto deles não passou, mas falou que nada mais justo do que se corrigir quando um vereador apresenta uma emenda, apresenta um Projeto e que não esta certo. Falou que podem falar ao vereador que não esta certo e que tem uma maneira mais correta de fazer, e não deixar que esse fato constranja o vereador. Disse que nem todos eles nasceram sabendo tudo, falou que sempre eles vão encontrar alguém que sabe mais do que eles. Disse que vê que os seus erros tem de ser corrigidos, mas falou que corrigidos da maneira que os de a oportunidade de concertarem aquele erro, disse que a vontade de cada um dos vereadores é atender os seus eleitores, disse que cada um deles vai apresentar o que todos os vereadores nos três anos e que no ano de dois mil e quinze têm feito o possível e o impossível para atender os eleitores. Disse que fica triste e que vê as vezes até uma Sessão constrangimento, quando são pegos de surpresa, e que o seu Projeto não vai passar porque não foi feito o correto. Falou que eles não sabem tudo e que estão na Casa para um conversar com o outro. Disse que é isso que ele pensa dentro de uma Casa de Leis. Falou que quem manda na Casa de Leis, quem manda no mandato deles é o povo. Agradeceu. -------------------------------------------------------------------------------------------------------VEREADOR ITAMAR CIDRAL DA SILVEIRA JUNIOR – Pelo PSC, disse que vai ser breve e que não vai ocupar todo o seu tempo, falou que os vereadores estão cansados e que a Sessão foi exaustiva, mas gostaria de no clima que falou o vereador Braga demonstrou a impessoalidade que ele tem pelo Parlamento, disse que o vereador Braga nunca conspirou contra a sua família, ele falou que recebe da forma positiva e que demonstra o que ele já falou de antemão e que respeita o tempo de permanência que o Vereador Braga tem na Casa e pela cidade de Guaratuba. Disse que não tem, dirigiu-se a vereadora Cátia, acredita que passou dos seus limites e que a sua educação sempre manda que retifique. Falou ao vereador Troyner que o respeita e que sempre tiveram bons momentos dentro da Casa, mas que embora muitas vezes eles divergiram, e que isso faz parte do Parlamento. Disse que tem o seu ponto de vista e que acredita neles e que luta por eles, e que acredita que foi o seu ponto de vista que o colocou na Casa de Leis. Falou que gostaria de dizer ao Parlamento e a Casa que a sua atuação é balizada no que ele pensa para Guaratuba. Mas falou que sempre esta disposto a lutar e entender o parceiro o coletivo, os vereadores. Disse para os vereadores que nunca conspiração e contra a sua família, dirigiu-se ao vereador Fábio Chaves, disse que isso é algo que ele não aceitará jamais é conspiração, falou que a atitude de conspirar é algo ridículo, que é algo feio, prepotente e que passa de todos os limites. Disse que deixa o seu desabafo na Casa, e falou que venham as pessoas que conspiraram e que sabem que conspiraram que venham falar com ele, e que seu gabinete fica no andar de cima da Câmara, e que é só chegar e dizer que realmente esta querendo conspirar. Mas falou que isso não é algo do conspirador, falou que é algo diferente, mas disse para não terem duvida que respeita esse Parlamento e que sempre tem tentado trazer discussões importantes para a população guartubana. Disse que nunca colocou Ca Casa coisas que não fossem importantes para a cidade, falou que são pontos de vistas que ele discute para a sociedade que o elegeu, e que até o último dia ele vai respeitar na Casa se não for reeleito. Disse que não vai abandonar e que não vai deixar a peteca cair. Falou que reeleito ou não ele tem um compromisso com a cidade de Guaratuba. Disse que esta disposto e que nunca se negou ao diálogo. Citou a vereadora Cátia dizendo que ela sabe do respeito que ele tem um pelo outro e de algum desabafo que ele já fez. Disse que tem vereadores que eles não conseguem manter uma afinidade pessoal melhor, mas falou que nem por isso ele deixa de entender ou desrespeitar o assento que o vereador tem na Casa. Falou que desde que não conspirem contra ele, citou o vereador Fábio Chaves, disse que tudo contra os seus, ele não vai aceitar nada, falou que é assim que acontece até na selva, que até na natureza quando mexem com qualquer filho de outro animal, disse que é o instinto, e que vai alem da realidade humana Agradeceu. --------------------------------------------------------------------------VEREADOR FABIO LUIS CHAVES – Cumprimentou o senhor presidente, senhoras vereadoras, senhores vereadores, público presente. Disse que só quer fazer alguns registros e fazer um agradecimento pela atenção que o secretário de Obras tem dado a ele, disse que apesar dos quarenta dias de chuva e que tem ocorrido muitas reclamações, mas falou que tudo o que ele tem ligado e entrado em contato com o Roberto, disse que o secretário tem atendido, disse que Graças a Deus o secretário em feito um trabalho sensacional e muito bom nas ruas as quais ele pediu. Disse que na segunda feira ele pode até trazer as fotos das ruas que estão sendo executadas. Falou que quando é criticar disse que critica, mas falou que o secretário lhe atendeu nas suas solicitações. Disse que várias ruas foram feitas apesar das chuvas. Parabenizou o departamento de segurança, falou que foi colocado em várias escolas, câmeras, disse que é de grande importância para a segurança das crianças e dois pais, disse que o registro dos nobres pares, uma reclamação, as denúncias, disse que não cabe a ele nesse momento. Disse que no mínimo que seja, disse que falaram que as câmeras de tantos milhões, falou que é de grande importância para a segurança de todos. Disse que o vereador Almir e que o Vereador Sérgio falaram de harmonia, disse que isso é importante para todas as famílias, para o ser humano, mas citou o vereador Itamar, dizendo que fica chateado que às vezes eles têm uma posição na Casa. Deixou claro que Sessão passada ele votou a favor da emenda do vereador Itamar, falou que neste dia ele estava conversando com a prefeita, disse que não vai citar nomes, que prefere guardar para ele. Falou que nãovai ser penalizado de qualquer forma, disse que cortar a cabeça de fulano, de sicrano, mas falou que cortar cabeças ligadas a ele dentro da Prefeitura, disse que o vereador Raul falou que tem uma pessoa na Prefeitura, mas que ele vereador Fábio Chaves não tem ninguém. Disse que falaram no nome de uma secretária, mas disse que esta lá há muito tempo, e que é uma pessoa  competente, falou que dizem que ele não pode tomar uma posição, votar uma emenda, oposição ou na posição que ele acha correto, disse que vão sair correndo e que vão retalhar isso ou aquilo. Disse que pode cortar a cabeça, que pode cortar o dedo o que for, falou que da cabeça dele não vão cortar nenhum, mas falou que se for para cortar, disse que tem várias cabeças para serem cortadas dentro da Prefeitura. Disse que então antes de falarem de qualquer Parlamentar, disse para tomarem cuidado, falou que o rabo das pessoas é curto e que  as vezes é cumprido demais, mas disse que a Casa é democrática, que vão ver o que é melhor para Guaratuba, ele acha que segmento é esse, mas disse que não são flores e que fazem um discurso bonito, e que chega no dia seguinte, pelas costas dos vereadores, que as vezes coisas pequenas, mas que tentam puxar o tapete. Falou par que façam um discurso bonito, mas que cumpram pela frente. Disse que não meche com a família de ninguém, e que até conversou no Parlamento sobre a situação, disse que ficou chateado, e que foi falar diretamente e que não admitia porque estava vendo o que estava acontecendo com a família do vereador Itamar. Disse que recrimina isso e que acha que não é por esse caminho, disse que se faz um discurso bonito, se acha que deve ser desta maneira, que não adianta vir falar bonito e no dia seguinte acontecer ao contrário na Casa. Agradeceu. ------------------------------------------------------------------------------------------------------VEREADOR RAUL CHAVES – Disse que só queria fazer uma colocação, que dois vereadores, vereador Raul e vereador Fábio Chaves ficarem preso com a Prefeita por que esta lá, disse que é a sua filha e que é irmã do vereador Fábio, falou que foi assim que disse a sua mulher, falou que é irmã e que quem certeza é a mãe. Disse que então ele vai à Prefeitura e que se ficar com a filha dele é um favor, e que se exonerarem é dois. Disse que falam em telhado, isso aquilo, disse que ele até hoje apontou alguém para a Prefeita nomear, disse que seria uma baita de uma mentira. Falou que tem uma cidadã que ele ajudou a quase três anos, que esta pessoa estava com câncer e que Graças a deus ela melhorou e que ele venceu junto com ela, disse que esta pessoa é auxiliar de enfermagem que esta senhora se formou, falou que batalhou e batalhou para ela trabalhar no hospital e disse que não conseguiu, disse que é meio a meio. Disse que o vereador Fábio não tem, mas que ele tem a filha dele, que é irmã do vereador Fábio, porque a mães dele disse que eles são irmãos. Disse que isso é vergonhoso para os dois vereadores, falou que é muito, muito, muito, pouco, falou que não conseguiu colocar uma cidadã que curou se de um câncer que tinha no seio, falou que era câncer de segundo grau e que estava querendo trabalhar e que ele não conseguiu para ela trabalhar no hospital e que ela formou-se, perguntou o que ele vai ficar fazendo, disse que faz parte disso da Prefeita e que faz parte daquilo porque tem o rabo preso. Disse que não tem o rabo preso, quão tem rabo preso e que não tem telhado de vidro. Falou que no dia seguinte ele vai pedir para a Prefeita se ela quer ficar com a filha dele é um favor e se a prefeita mandar a filha Del embora que é dois favores. Disse que vai à Prefeitura e quer saber da boca da prefeita quem foi falar, disse que foi neste dia que os vereadores foram na prefeitura, disse que não vai citar sexo se é masculino ou feminino. Disse que a prefeita tem que dizer que foi fulano que falou e que ele vai dizer na Casa explicitamente quem fez. Falou que a Prefeita pode continuar com essa pessoa  e que esqueça dele como vereador , disse que ele é livre leve e solto. Falou que só Deus é que comanda a sua vida. Falou que a pessoa que mandava nele e que mandava na casa e que o homem já levou. Disse que o que é bom ele leva e que coisa ruim ele deixa por aqui. Disse que é a esposa dele que já faleceu, e que ela deve estar num lugar bom que ele tem certeza, e disse que porque que ele vai ficar engolindo sapos. Disse que nunca engoliu sapo nem arame farpado. Disse que segunda feira na próxima Sessão, que vai pegar e que vai à Prefeita e que ela vai passar para ele e que ele tem certeza que vai falar quem foi. Falou que esses que são os bonzinhos que são os maravilhosos, que querem pescar no lugar para ferrar o outro. Disse para ficar, e falou que ele tem um defeito que ele traz no sangue que é caráter, personalidade, humildade e respeito com as pessoas, disse que tem com quem convive com ele e com o município. Falou que não vai mudar nunca. Que ele jamais vai falar na ausência de alguém. E que se ele tiver de falar para qualquer um dos vereadores, que ele fala na frente, e que se gostou, gostou, e se não gostou disse que fica do mesmo tamanho. Falou que pode ser amigo dele, e que tem amizade e que jamais vai falar porque não cita o nome, disse que tem de evitar falar o nome das pessoas quando não tem afinidade com esta pessoa. Mas falou eu querer aparecer com a prefeita e jogar  confete e um monte de coisas, disse que podem jogar,mas que não encima dele, porque encima dele ninguém vai de armar. Agradeceu. ---ENCERRAMENTO – Nada mais havendo para ser deliberado o presidente deu por encerrada a presente sessão às vinte e duas horas e cinco minutos e marcou nova sessão para o dia sete de dezembro de dois mil e quinze às vinte horas. Para contar eu     (Edilson Garcia Kalat – Secretário Geral) bem e fielmente redigi, digitei e conferi a presente Ata. -------

MORDECAI MAGALHÃES DE OLIVEIRA

Presidente

SERGIO ALVES BRAGA

Primeiro Secretário

FABIO LUIZ CHAVES

Segundo Secretário

 

Notícias

Resumo da sessão do dia 10 de junho de 2019

A Câmara Municipal realizou no dia 10 de Junho  a 17ª Sessão Ordinária do 1° Período Legislativo de  2019, sob a presidência do Vereador Claudio ...

Meio Ambiente é assunto durante sessão desta ...

A Câmara Municipal realizou no dia 03 de Junho a 16ª Sessão Ordinária do 1° Período Legislativo de 2019 sob a presidência do Vereador Claudio ...