Câmara Municipal de Guaratuba

Rua Carlos Mafra 494, Centro, Guaratuba - Paraná - Fone (41) 3442-8000 | 3442-8001 - camara@camaraguaratuba.pr.gov.br - Atendimento Público: 12 as 18 | Sessões: Segunda as 20hs

Atenção!

Qualquer dificuldades no acesso ao portal da transparência é por motivos de mudança de software de gestão pública

ATA DA PRIMEIRA (1ª) SESSÃO ORDINARIA DO PRIMEIRO (1º) PERIODO LEGISLATIVO DE 2015 - DIA 09 DE FEVEREIRO DE 2015. Às 20h 00min.

DATA - HORARIO – LOCAL – aos nove dias do mês de fevereiro do ano de dois mil e quinze às vinte horas no Plenário da Câmara Municipal de Guaratuba, Estado do Paraná. --------------------------------------------------------------------

PRESENÇAS – MORDECAI MAGALHÃES DE OLIVEIRA – Presidente, MAURICIO LENSE - Vice-presidente, SERGIO ALVES BRAGA – Primeiro Secretário e FABIO LUIZ CHAVES – Segundo Secretário e demais Vereadores: LAUDI CARLOS DE SANTI, RAUL CHAVES, JUAREZ SERAFIM TEMOTEO, CATIA REGINA SILVANO, JOAO ALMIR TROYNER, ANA MARIA CORREA DA SILVA, ITAMAR CIDRAL DA SILVEIRA JUNIOR, MARIA DA SILVA BATISTA e ARTUR CARLOS DOS SANTOS. -

ABERTURA – Sob a proteção de Deus e verificando a existência de número legal de presentes o Presidente declarou aberta a Sessão. ------------------------

EXPEDIENTES RECEBIDOS – OFICIOS INFORMANDO REPASSES AO MUNICIPIO. OFICIO DA CAMARA MUNICIPAL DA LAPA, OFICIOS DO EXECUTIVO. --------------------------------------------------------------------------

MATÉRIA APRESENTADA  ---------------------------------------------------------

Não Houve. ---------------------------------------------------------------------------

PROPOSIÇÕES/INDICAÇÕES DOS VEREADORES -----------------------------

Vereador Mordecai Magalhães de Oliveira – retirada de manilhas da Rua Padre Bento, operação tapa buracos na Rua Tibagi, retirada de entulhos na Rua das Andradas. Vereador Juarez Serafim Temoteo – pavimentação na Rua Curitiba no Bairro Piçarras, recapeamento da Rua Piçarras, recapeamento da Rua Juveve, manutenção da av Guarani, pavimentação da Rua João Gualberto. Vereadora Maria da Silva Batista – melhorias na Rua Francisco Kunz, melhorias na Rua Mauricio Freut. Vereador João Almir Troyner – manutenção da Rua Alexandre Correia, linha de ônibus aos moradores da Caieiras, reforma das pontes da Pedra Branca, Rio Bonito e Cubatão, patrolamento nas Ruas Pedra Branca, João Gualberto, Engenheiro Rebouças, limpeza e troca de lâmpadas na localidade da Prainha e Cabaraquara. Vereadora Catia Regina Silvano – melhorias nas Ruas Guaratuba, Guarani, Cubatão. Vereadora Ana Maria Correa da Silva – reparos na ponte pênsil do Rio Bonito. Vereador Sergio Alves Braga – colocação de bloquete no antigo Beco do Aldo. Vereador Fabio Luiz Chaves – iluminação da Praça da Paz, viatura da Segurança Municipal em frente ao Pronto Socorro. Vereador Artur Carlos dos Santos – pavimentação da Rua Londrina, pavimentação da Rua Clevelandia, patrolamento da Rua Berilio da Cunha, Plínio Tourinho e Visconde de Guarapuava, manutenção da Rua Marechal Deodoro, pavimentação da Av Rui Barbosa. -----------------------------

ORADORES INSCRITOS NO LIVRO DE DEBATES. ------------------------------PROFESSORA PAULINA JOGLER MUNIZ - A professora cumprimentou aos Senhores Vereadores, colegas professores e funcionários das Escolas Estaduais, demais cidadãos de Guaratuba, disse que esta representando os profissionais da Educação, das Escolas

 

 

Estaduais, disse ser do conhecimento de todos, que as aulas deveriam ter iniciado e não iniciaram em todo o Paraná, começou a explicar o porquê das aulas não terem iniciado, falou que no mês de outubro haveria eleição nas Escolas, e que não tiveram o direito de fazer eleição porque esse direito lhes foi tirado pelo Governador Beto Richa, disse que ele prolongou a eleição dos Diretores para mais um ano, que era um direito deles, e que foi tirado pelo Governador, disse que no ano passado no mês de outubro e que algumas Escolas desde mês de julho não receberam a verba do Fundo Corporativo, que é destinado a manutenção das Escolas, citou a Escola onde ela é Diretora a Escola Zilda, que atendem os alunos com cerca de 600 alunos eles recebem cerca de mil e quinhentos reais mensais, e que a última parcela foi dia 8 de outubro de 2014, e que depois desse dia não tiveram mais nenhuma parcela, falou que tem Escolas que estão devendo na praça, disse que os Professores e alunos estavam nas Escolas e eles precisavam terminar o ano letivo, falou que a distribuição de aulas pelos professores foi feita em dezembro e que vários professores, inclusive professores novos que assumiriam o concurso, que esses professores assumiram as aulas e que no dia 28 de janeiro o Governador do Estado eliminou toda a distribuição que já tinha sido feita em dezembro, inclusive para ao professores que assumiriam o concurso, e que o Governador fez outra distribuição de aulas, e tirou das Escolas os projetos, citou os Projetos: projeto da sala de apoio a aprendizagem, Língua Portuguesa e matemática para alunos que tinham dificuldades nestas disciplinas, que os alunos participavam destes projetos, falou que em todas as Escolas de Ensino Fundamental elas tinham turmas de   Salas de apoio a aprendizagem e outros projetos complementares, disse que no Colégio Joaquim Mafra tem um projeto de apoio, tinham o projeto do Volei, Teatro, Laboratório de Ciência, disse que tinham na Escola o Projeto de Língua Portuguesa, Sociologia, e que as demais Escolas também com projetos de atividades complementares, falou que esses projetos foram cortados pelo Governo do Estado do Paraná, e que o Governador alegou que esta sem dinheiro e que seria feito um corte de 30% no quadro de pessoal, disse que nova distribuição de aulas foi realizada, e que tem professores que vieram de Foz do Iguaçu e outras localidades, e que já estavam morando em Guaratuba, e que simplesmente tiveram que voltar para suas casas, não assumindo o Concurso, falou que diante disso e dos professores que ficaram sem aula, e que diminui a questão de Diretor Auxiliar, Pedagogos, citou que tem 300 alunos por período, e que o Governador deixou apenas um pedagogo para atender esses alunos, e que isso gerou uma revolta com razão, pois  tinha em Guaratuba 10 pedagogos concursados que já estão atuando nas Escolas do Município e que estes pedagogos ficaram sem ter lugar para onde ir, falou que além de toda essa falta de estrutura nas Escolas o Governador deixou de pagar todas as rescisões dos professores PSS, que são os professores contratados em processo seletivo, para atuarem nas Escolas quando falta professor efetivo em alguma disciplina e  que foram mandados embora em dezembro que não foi pagou estas rescisões contratuais, e também não contratou outros professores e funcionários para colocar no lugar. Falou que a maioria das Escolas teve seu quadro de funcionários diminuído, que não tem pessoal para trabalhar na limpeza, na merenda e que com todo esse quadro eles não tinham condições de iniciar o periodo Letivo. Disse que como se não bastasse tudo isso o Governador mandou para a Assembleia Legislativa na semana que passou um pacotaço onde ele diminui os quinquênios, que eles têm uma elevação de 5% a cada cinco anos, e que ele quer diminui para 0,5% a cada cinco anos, e que o Governador quer mexer na Previdência, que quer criar outro Fundo Previdenciário, que ele quer acabar com o Paraná Previdência, quer diminuir o teto para aposentadoria para todos os funcionários públicos, disse que não têm atendimento médico, que não tem

 

 

 

um plano de saúde, que o SAS não esta atendendo, disse que foi criada toda uma insatisfação, e que ficaram sem receber 1/3 de férias, e que o Governador falou que receberiam em 3 parcelas, so que desde o final de janeiro nenhuma parcela foi paga, falou que tanto os professores como funcionários estão desde de outubro com as promoções, que eles participaram de cursos, que fizeram as 200 horas de curso durante dois ano, e que esses professores tinham direito a essa promoção, e que em outubro o Governador não pagou até agora, ela falou que baseado em tudo isso eles em Assembleia em Guarapuava a categoria resolveu pela paralisação, por isso não iniciaram ao período letivo, disse que não gostariam de deixar acontecer isto que esta acontecendo, solicitou a todos os Vereadores que apoiaram os seus Deputados nas últimas eleições, e que pedissem aos Deputados que não votem a favor do pacotaço, que esta aí fazendo com que todos os anos de luta do Magistério, vá por água abaixo, disse que têm direito adquiridos e que o Governador esta querendo derrubar os seus direitos, disse que não tem como iniciar as atividades, nem pedir uma educação de qualidade com tudo isso que estão vivenciando, O Presidente falou que ela ainda tem  27 segundos, e ela disse que aproveitando esses segundos, vai reforçar o seu pedido, disse que abe que tem de atender os seus alunos, mas que querem atender com qualidade, e que o seu pedido é para que os Vereadores conversem com seus Deputados, que esses Deputados estiveram em Guaratuba, que tiveram os seus votos, e que agora precisam que eles votem contra. O Presidente agradeceu a presença da Professora Paulina e os demais professores que estão presente abrilhantando a Sessão do dia. -------------------------------------------------------------------------------VEREADOR FÁBIO LUIZ CHAVES – cumprimentou o Senhor Presidente, Senhores e Senhoras Vereadoras, professores, Diretores, seus amigos da Imprensa, falou que o tema que ele iria trazer na Tribuna seria outro, que ia dispensar a Tribuna, mas que ouvindo a Professora Paulina e todos os demais, ele não dispensou, e ele vai falar o que acha a respeito, disse que sabe que a greve á a novel de Estado, que tem pessoas que estudaram em Guaratuba, professores formados, eleitores, disse que esta vendo a Professora Terezinha cumprimentou a professora que lhe deu aula quando jovem, disse que o que a professora Paulina falou foi muito justo verdadeiro, que os  Vereadores quando da vinda dos Deputados Estaduais Federais, o Governador, que ele votou no Governador Beto Richa, votou no Deputado Nelson Justus, votou no Bertoldi, ele acha que os Vereadores, que  ele fala por ele, e que os Vereadores tem o mesmo pensamento, que se ele chegar e gritar ou for numa marcha, não serão recebidos, mas que os Vereadores se unirem e cobrarem junto com os Deputados Estaduais, Federais, como tem o Vereador Maurício que tem o seu Deputado Estadual e Federal, falou que os Vereadores trabalharam para Deputados que escolheram, e que a maioria foi eleito disse que fica a disposição dos professores, que é solidário, que é companheiro que podem contar com ele, que ele vai sair junto, disse que os Professores confiaram no Governador, e que eles também confiaram, que quando foram pedir votos para os Deputados que as pessoas confiaram nos Vereadores, disse  falou que o mínimo que pode ser feito, que ele pensa assim, disse para irem para Curitiba falar com os Deputados e pedir para que votem contra o pacotaço, falou que a atitude do Governador e deles refletirá amanhã, e quem fará o julgamento são as pessoas disse ser solidários aos Professores, agradeceu a presença deles, disse que falou com o Diretor Wesley pela manhã que estava saindo e perguntou se precisava fazer algum comentário na Tribuna, mas o Diretor disse que viria alguém na Tribuna para falar, disse que alguns dos professores estava conversando com a Prefeita disse que a prioridade é a Saúde e Educação, falou que acha que ele como Governador do

 

 

 

Estado não devia, ele como chefe poderia ter planejado melhor, disse novamente que votou no Governador e que deixou claro para todos o seus voto, mas como se tem a prioridade Saúde e Educação que ele viu em Curitiba várias obras que foram gastas uma fortuna declarada, ele acha que foi até um pouco mais como o alargamento da Avenida das Torres, a Ponte Estaiada que faziam parte, mas que poderiam esperar, falou que o Governador devia ter planejado pensado nos professores, nas pessoas que dão aula, que  educam , seus filhos, que vão trabalhar com o coração, que se formam professores, médico, dentistas, políticos, enfim todas as pessoas, ele acha que faltou planejamento e que infelizmente que fizeram obras pensando na Política e que acabaram  esquecendo principalmente da Saúde e da Educação, disse achar que tudo o que é feito, no dia seguinte tem o retorno, falou que a greve faz parte, que as crianças ficam em casa, mas que também tem famílias que dependem deles, e que poderiam ter um pouco mais de respeito. Agradeceu. ---------------------------------------------------------------------------------------------ORDEM DO DIA – Não Houve. -----------------------------------------------------

PALAVRA LIVRE - -------------------------------------------------------------------VEREADOR ARTUR CARLOS DOS SANTOS – iniciou falando que tem dois Projetos, que um é sobre a Ficha Limpa e o outro é do Ciclismo, que foi votado em primeira, e que não foi colocado, o Presidente Mordecai Oliveira falou que os Projetos regimentalmente no final de ano são arquivados, e que é necessário que se faça um requerimento,  para que seja desarquivado, que esta no Regimento e que não foi ele que fez o Regimento, o Vereador Artur solicitou que fosse colocado em votação. Agradeceu. ----------------------------- VEREADOR RAUL CHAVES - Cumprimentou o Senhor Presidente, Senhoras e Senhores, Vereadores, professores, falou dos Colégios Estadual e Municipal de Guaratuba onde seus filhos estudaram em  suas filhas também, o Vereador Fabio que é seu filho, sua neta, seu neto, que seu neto acabou de sair do Joaquim, que vai fazer Faculdade, que ele não repetiu nem um ano, e que estava na Escola Pública e não particular que concluiu e vai para a Faculdade. Falou que isso é de suma importância para uma família e que ele se sente honrado, disse que sua neta saiu do Colégio Moisés Lupion com excelentes professores, e que agora ela esta no Colégio Zilda que ela esta bem colocada e foi para a sétima série disse que é um respeito que tem com os professores do Município e do Estado, disse deixar bem claro sua posição. Que se for necessário ir para Curitiba, na Assembleia quantas vezes forem necessária ele vai junto, para assumir tomar as galerias, que se tiver de chegar à frente e levarem alguém para o camburão, podem contar que ele vai ser o primeiro. Falou que acha não ser necessário tudo isso, mas ele não sabe se vai colocar suas palavras com sabedoria, mas  que o que o Governo do Estado esta fazendo com a classe dos professores é humilhante e vergonhoso, falou que muitos professores pagam para trabalhar, que os professores não trabalham só no Colégio, mas também nas suas casas, falou que são planos de aulas a serem montados disse que é desgastante para o professor ou professora e ser tratado dessa maneira pelo Governador, falou que ele não vai se prejudicar porque não votou nele, falou que votou para o Requião com muita honra porque ele é PMDB, disse que o que estão fazendo para a classe dos Professores,falou que fez questão que sua neta fosse para o Colégio Zilda onde ela estuda, ela voltou dizendo que não havia aula, porque os professores estão reivindicando os direitos deles, comentou que ela tem 11 anos e tem consciência do respeito que tem com os professores, do trabalho dos professores, falou que só quem não tem respeito é o Governador e o bloco de Deputados dele, e que eles tem de pensar, pois já foram eleitos, reeleitos, que tenham de pensar, comentou que entre os Vereadores ele garante que

 

 

 

elegeram cinco ou seis deputados, o Vereador Maurício, O Vereador Artur, que elegeram o Nelson, que o Vereador Maurício trabalhou para o Deputado Douglas Fabrício, o Vereador Artur que trabalhou para o Deputado Ney Leprevost, disse que tem de se unir, ir junto com os professores juntar as forças e irem para Curitiba, falou que tem o Estado todo, que tem outros municípios, que também ajudaram os Deputados que não é só Guaratuba, falou que tem de se unir  com a Diretora do Zilda  do Joaquim que solicitem alguma coisa para os Vereadores, que ele vai, que deixa qualquer coisa e vai com os professores disse que podem contar com ele, deixou o numero de telefone a disposição, falando que podem ligar a qualquer hora dizendo que querem ir para Curitiba, que ele vai junto, parabenizou os professores e falou para manterem a greve, falou que enquanto não forem atendido que não voltem, para não se entregarem, que continuem até o final, agradeceu. -------------------- VEREADOR SERGIO ALVES BRAGA – Cumprimentou o Senhor Presidente, Senhores Vereadores, Senhoras Vereadoras, publico presente, disse que é triste assistir o que vem acontecendo  com as heroínas  no Magistério que lutam para ensinar os filhos dos amigos os filhos  Guaratubanos, disse que estão tentando tirar os direitos adquiridos, falou que pode dar o apoio, citou o Vereador Raul dizendo que tem o Deputado Fabricio, que o companheiro Vereador Maurício apoiou, citou também o Deputado Ney Leprevost, o Deputado Nelson Justus que foi o mais votado na cidade. E outros Deputados que tiveram 500, 600 votos. Falou que é nesses que também tenham de ir, disse que é fácil aterrissar em Guaratuba pedir o voto, mentir muitas vezes para a população, enganar a população e nunca mais pisar em Guaratuba, falou que tem umas 3 ou 4 cartas na manga, nomes que foram muito bem votados, que são o Nelson, o Ney, o Douglas Fabríco, e mais alguns, disse que tem poder de fogo para chegar e reivindicar pelos professores, falou que seria o mínimo que podem fazer pelos professores, e que se for preciso, carreata, passeata, faixas, disse que estará presente, como os demais Vereadores da Casa, falou que como uma classe dos Professores, sofrida que consegue com tempo adquirir direitos que hoje por erro do Governo e de sua estrutura, estão querendo tirar, disse não aceitar. Falou que tem de ir para a luta, tem de brigar, tem de mostrar a cara, ir para a televisão, sentar na frente da Assembleia Legislativa, para anoitecerem dormirem em frente a Assembleia, que ele estará junto, falou que isso é uma vergonha, disse para terem certeza que a Casa de Leis estará sempre junto dos professores a hora que precisarem independente de dia, noite, que estarão junto, que todos tem de estar junto dos professores, falou que é só os professores se organizarem e virem até a Câmara para sentarem juntos  irem para Curitiba, com batuque com panelaço, disse que esta feito o convite que eles estão a disposição. Pediu permissão dizendo que falou em nome de todos os Vereadores, que quem quiser acompanhar que eles estarão juntos sem problema nenhum, falou que é dever dos Vereadores estar juntos com os professores, citou outra coisa que lhe chateia muito, como os demais Vereadores, disse que estão vendo na mídia, nos jornais “Governo não paga diária para policiais militares, civis, e bombeiros” que viram uma passeata no sábado reivindicando com faixas, disse que o Governador não veio no final de semana, e que ele deu sorte ou azar de passar naquele momento e que 3 bombeiros estavam fazendo um salvamento de um cidadão que tiraram o cidadão de dentro da água e que o mesmo estava morto, falou para acreditarem se quiserem que vai sair na mídia, que o cidadão estava morto, que ficou morto durante meia hora, e que os bombeiros estavam ali revezando e fazendo tudo que tinha de ser feito, que depois de uns trinta minutos deram um choque no cidadão, que estavam quase que empacotando  com diz a gíria para levar para o IML, chegou um bombeiro descansado colocou o aparelho e o cidadão voltou a

 

 

 

vida, que o helicóptero veio levou para Curitiba, e o cidadão esta salvo, e que os bombeiros foram aplaudidos por todos que estavam na praia, comentou que  o Governador não vê isso, que os bombeiros estão aí sendo maltratados, sem comida, com as pessoas que alugaram suas casas para eles correndo atrás do aluguel, mas para dar aumento para Secretários, o Governador dá , disse que outras coisas também, falou como é que fica o cidadão que prova que salva vidas, que estão passando fome, passando vergonha, que estão emprestando dinheiro para pagar a comida que comeram antes de ontem, que isso é uma vergonha, disse que é contra a reeleição a Governo, Presidência, qualquer coisa, porque se reelegem e da essa m.... pediu desculpas pelo palavreado, disse que é complicado que são dois casos distintos mas  que são governo, falou  que para aparecer na mídia, para vir andar de Jet Ski na praia  com barco, que passa pela baía dando tchauzinho, disse que  o Governador sabe fazer, que isso ele faz, mas que o Governador venha aqui passar fome como os bombeiros ou então o que os professores estão passando tirando seus direitos, falou para contarem com eles, com o apoio da Casa, que ele estará no dia seguinte as 9 horas que ele acompanha os professores até a Assembleia Legislativa. Agradeceu. ------------------------------------------------------------------

VEREADOR ITAMAR CIDRAL DA SILVEIRA JUNIOR – Pediu para o Senhor Presidente ser complacente com ele seu pedido, que ele ouviu atentamente o pedido do Vereador Artur, disse que tem muito interesse em votar esse projeto, disse que é um compromisso dele em campanha, que foi encabeçado pelo Vereador Artur, mas que ele não tem a vaidade de ajudá-lo nesse momento, e que o Projeto Ficha Limpa é uma necessidade Nacional e que na Câmara estão transformando no Município, que ele é a favor, disse que já declarou que é a favor do Ficha Limpa. Disse que o Ficha Limpa tramitou e foi arquivado na Casa segundo o Senhor Presidente, se dirigiu ao Senhor Presidente dizendo que tem o Artigo 103, que o Senhor Presidente vai usar e que vai dizer na seguinte forma “no início da Legislatura a Mesa ordenará o arquivamento”, perguntou se o Senhor Presidente concorda e pediu para que fosse caminhado com a complacência do Senhor Presidente, disse que não é uma nova Legislatura, falou que a Legislatura deles iniciou a dois anos atrás e que ainda estão no mesmo período Legislativo e que a renovação da Mesa não pode arquivar, mas que porém se arquivou solicitou diante de todas essas pessoas que seja desarquivada o Ficha Limpa, e que qualquer Vereador pode entrar com requerimento então ele esta fazendo, solicitou ao Presidente para desarquivar o Ficha Limpa, APARTE O Presidente Mordecai alegou que não seria a hora nem o momento, dizendo que vai analisar, o Vereador Itamar disse que a população esta presente e que deveria ser aproveitado para desarquivamento, APARTE o Presidente falou para o Vereador para que não faça média, e o Vereador  respondeu que não esta fazendo média e sim explicou que esta no Regimento e que o Presidente não pode diminuí-lo, pediu por favor, mas o Presidente respondeu que não está na Ordem do Dia, falou que a Palavra continua Livre, solicitou que o Vereador não tumultue, pois a Casa esta cheia, falou para que o Vereador faça o pedido e que se realmente tiver razão no dia seguinte será desarquivado, o Vereador agradeceu dizendo que vai aguardar as 24 horas, dizendo que acredita que o Presidente vai usar da complacência, o Presidente volta a dizer que vai analisar o Regimento e o Vereador afirma que ainda continua com seu pedido, mas disse que já que o Presidente é soberano, que ele pediu pelo desarquivamento e que ainda estão em Sessão, mas resolveu seguir, e disse que também quer falar sobre o servidor o professor, disse estar triste com o sentimento que esta vendo e que esta sendo noticiado, não só nas Redes Sociais, mas em todos os tipos de mídias comentou que alguns tentam ofuscar o

 

 

 

brilho do trabalho que os professores estão fazendo, mas ele acredita que aqui em Guaratuba o sentimento da Casa é um só,disse que apoia os professores que veio de um movimento estudantil, que muitos o conhecem que ele passou no Gratulino de Freitas, que foi Presidente do Grêmio Estudantil, que depois foi para a Faculdade e se tornou Presidente do DCE, e que os professores sempre o ajudaram e estiveram ao seu lado, falou que a Professora Paulina o ajudou na sua formação, como todos os outros professores o ajudaram, não só ele, mas muitas pessoas a se formarem em Guaratuba, que os professores deram educação, e ele não vão dar as costas para os professores, e disse que nem esta em palanque como algumas pessoas querem pregar, disse que tem um sentimento citou o que  Vereador Fabio Chaves comentou que precisam de Saúde e Educação, mas coração também, disse que tem de ter coração, para que não seja aplicado o pacote de maldade, jogarem a responsabilidade para os outros, falou que os salários subiram, mas que agora pro Servidor, arrocho, disse que é contra e que se precisarem dele em Curitiba ele vai, e deixa o registro dele que fica muito triste e nervoso com uma situação assim, e que todos tem dificuldades tem conta para pagar, aluguel, o carro e tem esse corte do Governo, disse que fica indignado, que fica o registro. Agradeceu. ------------ VEREADOR JOÃO ALMIR TROYNER - Primeiramente agradeceu a Deus e a Nossa Senhora Aparecida, Senhor Presidente, nobres pares, as pessoas presentes, e os queridos e louváveis professores, falou que são os pais de seus filhos quando estão ausentes, e que muitas das vezes ficam mais tempo com os seus filhos do que eles os pais, disse que não é pregador do apocalipse e muito menos Profeta do caos, não chegou a longeva para não ter a decisão de fazer seu pronunciamento de defender alguém, disse ter uma conduta ilibada na vida pessoal e profissional e que jamais manteve o luxo da opulência, falou que não podem, não devem e que ele não tem de ser estigmatizado na vida Pública por defender os professores, que sem o teto de sua aposentadoria que os professores não podem  se programar para no final da vida deles, depois de tantos anos ensinando os filhos dos outros, e ensinando o filho do próprio Governador, ensinando o filho dos Deputados, disse que Escolas sem o Fundo Rotativo, sem funcionários, sem professores, comentou que Escolas que querem para os seus filhos, pediu ao Senhor Governador que tenha piedade deles, disse que votaram nele, que confiaram nele, e que agora o Governador  apunha-la a Categoria mais importante da face da Terra, falou que não tem segurança, nem saúde se não tiver educação, disse que ouviu atentamente a Professora Paulina com suas palavras simplistas, mas que ela  com uma dor um sentimento no coração em saber que se continuar do jeito que esta, perguntou qual será a qualidade de ensino dos seus filhos, novamente dirigiu-se ao Senhor Governador, pedindo que ele ouça pelo menos uma vez, disse que aquele que puder levar até o Governador, que leve com o mesmo sentimentos que eles tem dentro da Casa, falou que com toda a certeza ele iria elogiar as palavras do Vereador Sérgio, do  Vereador Itamar e do Vereador Fabio, disse que muitos professores não poderão os acompanhar se forem para Curitiba, sugeriu que depois da Sessão cada um dos Vereadores peguem seus celulares, seus telefones fixos e ligarem hoje para os seus Deputados, falou que o amanhã pode ser tarde demais, disse que podem chegar e não ter mais lugar para entrar, falou que o privilégio que os professores poderão ter, é de pelo menos serem recebidos numa Comissão ou pelos Deputados ou pelo Governador, falou que o Governador nãompode de maneira nenhuma fazer isso, disse que o Governador não esta pagando a diária dos policiais, dirigindo-se ao Vereador Sérgio, disse que têm policiais sendo despejados de suas casas, que os professores sem um plano de Saúde, falou que a Saúde é um caos no Brasil inteiro, e que

 

 

 

agora estão vendo os seus professores sendo massacrados, perguntou se o Senhor Governador não foi aluno de uma Escola, que ele não viu o quanto é importante professor dedicado dando aula com vontade, um professor que ensina seus alunos com alegria , falou que como os professores vão ensinar com alegria passando por tudo isso que estão passando, comentou sobre a diminuição do quinquênio, que isso é a maior afronta que pode acontecer, pediu que Deus e Nossa Senhora Aparecida iluminasse o Vereador, que iluminasse os Deputados e que amanhã, eles reconheçam que os mestres são as coisas mais importantes para a vida e principalmente para os filhos de todos. Agradeceu. ----------- VEREADOR JUAREZ SERAFIM TEMOTEO – Cumprimentou o Senhor Presidente, os Senhores Vereadores, Senhoras Vereadoras, público presente, iniciou dizendo que o professor de Guaratuba esta de parabéns por terem vindo a Casa, disse que antes de sair de casa assistiu um pequeno trecho do Jornal da RPC, disse que a professora Paulina ao usar a Tribuna da Casa, que ela esqueceu de um pequeno direito que o Governador também cortou dos professores, falou que  viu trecho do Jornal que ele assistiu, foi cortado o direito dos professores entrarem dentro da  Assembleia    Legislativa,  falou que foi autorizado mesmo depois de toda a manifestação que teve em Curitiba, apenas 80 professores a entrarem na Assembleia, que falaram que a Assembleia estava lotada, salientou que não podia estar lotada, pois tem mais de 1300 lugares dentro da Assembleia. Disse que o direito de ir e vir são livres, e que o direito de reivindicar quando estiver sendo prejudicado é livre, se dirigiu aos professores dizendo que eles já deram a cara para bater a 25 anos, quando poderiam ter a aposentadoria com 20 anos, falou que a cada 20 anos trabalhados valem por 40, falou que não é fácil entrar numa sala de aula com 40 alunos estranhos que não são filhos deles, mas que os professores os tratam como filhos, que não são parentes deles, mas que os tratam como parentes, disse saber que tem aluno que vai para a escola só para aprontar e que hoje os professores alem de ganharem um salário miserável, tem de aguentar desaforo e não pode fazer nada, disse que na sua época se resolvia com milho em baixo do joelho e palmada na mão, reguada na mão, falou que hoje em dia Deus nos livre se algum professor fizer isso, falou para os professores para irem para frente do Palácio Iguaçu, reivindicar seus direitos, que podem contar com a Casa. Agradeceu. --------------------------------------------------------------------------------------------------------- VEREADORA MARIA DA SILVA BATISTA – Cumprimentou o Senhor Presidente, nobres Vereadores, Vereadoras, disse que faz suas palavras as palavras dos  disse querer deixar registrado a todos  os professores presentes, professora Paulina, disse que ela Vereadora acredita que ele e seus companheiros Vereadores estão envergonhados do que escutaram aqui, disse que eles na eleição andaram de porta em porta mentindo para o povo, disse que esta envergonhada de tudo o que esta ouvindo, agradeceu a presença de todos e disse que podem contar com ela e com todos os Vereadores que se pronunciaram, falou que esta na torcida, e que não podem desistir, que Brasileiro não desiste nunca. Agradeceu. --------------------------------------------------------------------------------------------------------- VEREADOR ARTUR CARLOS DOS SANTOS – Cumprimentou o Senhor Presidente, Senhoras Vereadoras, Senhores Vereadores, professores, público presente, iniciou se dirigindo ao Senhor Presidente dizendo que os carnês do IPTU chegaram, e disse que viu como várias proposições feitas pelos Vereadores, falou que a manutenção da Cidade está meio complicada que ele vê a limpeza as roçadas um grande mutirão de gente na rua 29 de abril, na Avenida Ponta Grossa, algumas vezes na Avenida Visconde do Rio Branco, mas  que as ruas dos bairros estão comprometidas, disse que na ultima Sessão Ordinária foi falado em uma força tarefa, falou que por incrível que pareça no Brejatuba, na Vila

 

 

 

Esperança a força tarefa não chegou, assim como na Vila Eliane, Nereidas, que foi interrompido pelo caminho da temporada, falou que os carnês já estão por aí e que houve um reajuste no IPTU, ele espera que o povo seja tratado no mesmo grau em que esta sendo tratado a Orla, a 29 e as avenidas principais, disse que também esta preocupado com a Segurança, assim como o Vereador Sergio, e com as diárias do bombeiros e dos policiais, falou que estão a porta do Carnaval, falou como o Vereador Fabio da Segurança do Pronto Socorro, ele sugeriu que fosso enviado um Ofício ao Secretário de Segurança, que seja mandado uma viatura para aquele local para ajudarem no reforço, se os policias não puderem ficar 24 horas, que a Secretaria de Segurança esta passeando a invés de cuidar da  cidade, que pelo menos duas pessoas ficassem no local par ajudarem os profissionais de Saúde. Lembrou também dos pontos de ônibus, que falaram da licitação da Ponte que logo sairia, disse que não tiveram a felicidade de sair a licitação dos Pontos de ônibus, falou que na frente do Supermercado Brasão próximo de onde Le mora tem dois pontos de ônibus e que nenhum deles tem cobertura, que foi feita piada no Facebpock em todos os meios de comunicação, e que até agora os pontos não receberam cobertura, disse que ficou espantado que mudaram o ponto da Avenida 29 de abril e que no dia seguinte estava coberto, mas que alguns até agora na licitação não alcançou, falou aos professores que de antemão apoia, e disse que todo o pedido que vem para a Casa  que for para tirar aquilo  que foi adquirido ele será contra, que se os professores adquiriram seus direitos, falou que vão trabalhar para que isso não aconteça, falou que o brasileiro já é difícil de adquirir direitos e os poucos que conseguem, querem tirar os que tem, parabenizou os professores, disse que já ligou para  Deputado Ney Leprevost que o Deputado estava meio indeciso, então o Vereador lhe falou que com o Professor a gente não brinca, falou para  Deputado se manifestar pelas redes sociais, jornais, para ele ser contra o pacotaço que fará mal a população as professores e aos alunos que são os mais prejudicados. Disse que vai enviar de seu gabinete um Ofício de pesar, pois faleceu um amigo dele, Senhor Rogério Leão, enviou seus pêsames para a família enlutada, que esse senhor era um morador antigo do Bairro Brejatuba, que a família seja confortada. Agradeceu. --------------------------------------------------------------------------------------------------------- VEREADORA CÁTIA REGINA SILVANO – Cumprimento o Senhor Presidente, Senhoras Vereadoras, Senhores Vereadores, Professores, público presente, iniciou dizendo que e soldaria, porque ela pertence a mesma classe dos professores, pediu para os professores que estão na Casa, que permaneçam após o término da Sessão para que aqueles Vereadores que tiverem vontade de ligar para os seus Deputados, que lês façam a ligação hoje, disse que já que esta assim, perguntou se a Câmara vai mandar alguma comissão representando os professores, falou que fica a sugestão, disse que vai ficar um pouco mais depois da Sessão  que esta disposta a colher ideias, e que vai ligar para o Deputado, falou que se o Professor Wesley ou a Professora Paulina quiserem conversar com o Deputado ela passa o telefone para eles conversarem, disse que ela esta na Câmara para isso. Agradeceu. --------------------------------------------------------------------------------------------------------- VEREADOR MAURÍCIO LENSE – Cumprimentou o Senhor Presidente, demais Vereadores, iniciou dizendo que na proposição do Vereador Fabio, que ele citou os valores pagos no ano que passou para as Empresas, e que ele esqueceu de citar que essas mesmas Empresas já empenharam  valores que chegam a 1.257.329,00. Fez um comentário sobre uma empresa que esta prejudicando uma classe de trabalhadores na cidade, que é a classe dos taxistas, disse que tem uma empresa que não tem a chapa que não tem a autorização, mas que esta transportando pessoas que não é atividade desta

 

 

 

empresa e que esta prejudicando a Classe, deixou seu repudio. Comentou sobre outra questão, que se alguém quiser colocar um carrinho de cachorro quente, um carrinho de hambúrguer, que tem de colocar em um terreno, e arranjar um terreno particular, disse que tiveram várias pessoas que tiveram de tirar das ruas e colocarem em terrenos particulares, falou que de repente aparecem uns caminhões num terreno público com alvará para funcionar, disse que vai averiguar essa questão, que essas pessoas tem esse direito e o Guaratubano não tem, e essas pessoas que vem de fora tem, colocou novamente a questão do Cemitério, que é uma questão antiga e que precisa ser resolvida, falou a respeito dos professores com certeza ele estará apoiando a causa, disse que o seu Deputado hoje é Secretário de Estado e que infelizmente não poderá votar, mas que ele estará pedindo ao Deputado se pode interceder e fazer alguma coisa a respeito, junto ao Partido que votem pelos professores, disse que a questão é validade e que ele já citou várias vezes que os professores são os seus fundamentos as suas bases, comentou que também não é só o professor estadual que precisa de melhorias no seu salário, planos de saúde, que os professores municipais também precisam e que os Vereadores tem de ficar atento com essa questão também. Agradeceu.  ---------------------------------------------------------- VEREADORA ANA MARIA CORREA DA SILVA - Cumprimentou os Vereadores, Vereadoras, Professor Wesley, Professora Paulina que usou a Tribuna da Casa representando dos demais professores, disse que faz suas as palavras do Vereador Sérgio  Alves Braga e demais Vereadores, disse que estão defendendo a Classe do Professor , que fica muito triste pois sabe o quanto o professor luta  para ter uma formação para poder dar aula com salário pequeno e ainda tendo  de fazer manifesto para que o seu salário seja um salário digno, falou para os professore que o que acontecer, panelaço, passeata, seja o que for, ela estará junto com os professores. Agradeceu. ---------------------------------------------VEREADOR RAUL CHAVES – Pelo PMDB. Se dirigiu ao Senhor Presidente, fazendo uma colocação para que não fique no esquecimento, que estiveram no bairro de Caieiras no dia 30 com a Prefeita, com o Presidente da COHAPAR  que era interino no momento o Nelson Justus Filho, que assumiu um compromisso com o povo, com os moradores, que tem aproximadamente 250 moradores , que até hoje ninguém tinha documento dos terreno, os que tem são os da faixa da marinha e que a maioria não tem terreno, que tem imóvel que vale 300, 400 mil, e que a pessoa vai no Banco e não consegue financiamento porque não tem documento do terreno, não tem bens declarado, que  não tem escritura, que é uma dificuldade grande, disse que foi assumido um compromisso da parte do Governo do Estado, que vai ser passado a área que é do Governo, e que antigamente era do Município, mas que  o prefeito que estava na época deu a área para o Estado, que isto foi uma vergonha, disse que até hoje ninguém sabe se são donos ou não são, disse que este compromisso do Governo do Estado com a COHAPAR  e a COHAPAR com o Município e a Prefeita, disse que não vai ser um caminho pequeno que vai levar uns dois ou três anos apara legalizar, falou que já foi emitido os IPTU para todos os moradores , que é um começo, que vai ser feito uma levantamento, um Cadastramento, com os proprietários, que vão verificar os valores dos imóveis, disse que vai estar junto com o pessoal das Caieiras, até eles estarem com as escrituras na mão, disse que as pessoas merecem, que são pescadores que as vezes tem um sobrado um carro zero na garagem, mas que tudo isso é fruto do suor de trabalho deles , que as vezes são 30, 40 anos de mar, e que o mar maltrata, disse que esta torcendo para dar certo, junto com a Prefeita, que o sobrinho dela já deixou a Presidência e que ocupou o Departamento, que é Diretor, e que é uma das pessoas que fazem , falou que vai ser muito bom para eles e para o povo de Caieiras.

 

 

 

Finalizando o Vereador quis fazer uma colocação, dizendo que sua filha acabou de se formar em Pedagogia, disse que vai conversar com ela para que ela não sofrer como os professores estão sofrendo. Agradeceu. -------------------------------------------------------------------VEREADOR ITAMAR CIDRAL DA SILVEIRA JUNIOR – Pela liderança do PSC. Iniciou falando que trouxe a sua Ordem Hoje reforçando um pedido sempre entendendo a complacência do Presidente, e que quer ajudar o Presidente, citou o Artigo 6 do Regimento da Casa válido e votado, diz “a Câmara Municipal é constituída de Vereadores eleitos para uma Legislatura de 4 anos”, portanto ele reforçou, APARTE Presidente Oliveira  dizendo que não está discordando, só pediu para que o Vereador faça um Requerimento, que agora não é hora, o Vereador Itamar volta a falar, que tem um momento no Parlamento, e que ele esta Requerendo, APARTE  Presidente Oliveira, voltou a falar que não é o momento, e que se ele fizer o Requerimento ele vai analisar, que nesta hora ele não vai, mas que se o Vereador o fizer no dia seguinte ele vai aceitar, O Vereador Itamar volta a falar do porque no dia seguinte que o Presidente não pode submeter o Vereador a sua mínima vontade, APARTE OLIVEIRA, dizendo que não quer discutir, que a matéria está vencida, Vereador Itamar, dizendo que a Palavra Livre é constituída por um Partido eleito na forma legal, APARTE OLIVEIRA dizendo para o Vereador fazer o pedido no dia seguinte que com certeza vai estar na Ordem do Dia na próxima Sessão, que vai ser analisado, disse que cabe ao Presidente e não ao Vereador, o Presidente disse que mais uma vez o Vereador está se dirigindo com desrespeito, disse que não vai discutir, O Vereador pediu para continuar, que é um pedido, APARTE PRESIDENTE OLIVEIRA dizendo que o pedido já foi anotado pelo Diretor e que no dia seguinte ele com os demais pares vão analisar, O  Vereador Itamar disse que o Presidente falou que sua decisão era soberana e que ele esta usando a Mesa,  falou que a população de Guaratuba tem o direito. O Presidente passou a palavra para o Vereador Laudi. -------------------------------------- VEREADOR LAUDI CARLOS DE SANTI - Cumprimentou o Senhor Presidente, nobres Vereadores, Nobres Vereadoras, distinto público presente, em especial aos professores e professoras, disse que ouvindo os discursos atentamente que logicamente não seria diferente, expressou todo seus respeito todo o seu carinho aos professores e professoras, porque ele vive de perto isso porque sua esposa é professora, disse que sente não só deste Governo mas de outros a falta de respeito com os professores e que infelizmente o que esta acontecendo é uma pouca vergonha o que o Governo tem feito ou tentado fazer com os professores, falou que é uma tremenda de uma sacanagem aonde deveria cortar verbas e tirar do orçamento de outras Secretaria e não da Educação, que isso é impossível de ser feito, falou que o Governador deve  ter tido um colapso, que é impossível ter tomado esta atitude, falou que como os nobres pares se colocaram a disposição, ele também após a Sessão estará ligando para o seu Deputado e pedindo pelo amor de Deus que não seja conivente com a palhaçada do Governo do Estado, que em relação aos professores era isso que ele tinha a dizer. Disse que o Vereador Sérgio falou com sábias palavras ao colocar no discurso, disse que no Sábado ele estava na praia das Caieiras e que coincidentemente ficou próximo aos Salva Vidas, que ficou conversando e abordaram sobre o assunto, que muitos bombeiros, policiais civis e militares, pediram baixa da sua operação Verão para retornarem a sua origem justamente pela falta de pagamento, disse que é inadmissível esse tipo de atitude do Senhor Governador, que o Vereador Raul não esta presente que disse que não votou nele, e que ele também não votou, falou que infelizmente a classe dos professores  nos dias de hoje é vergonhosa estarem passando por este tipo de situação pois eles não merecem. Quis também comentar sobre o

 

 

 

pronunciamento de alguns nobres pares sobre as proposições que é salutar, que é importante, que é o papel do Vereador cobrar, e o que estiver em seu conhecimento ele vai responder, o que não estiver ele vai deixar para a próxima sessão com maior clareza com todo o prazer, falou que em relação aos buracos pedidos e citados pelos Vereadores durante a leitura das proposições, disse ser louvável, mas que tem de levar em consideração, que devido as intempéries, que choveu demais, e algumas manilhas e algumas boca de lobo cederam, disse que isto é fato, e que conversou com o Secretario Gil, e que juntamente com o Secretário de Obras, que foi determinado pelo Secretario Gil e a Prefeita Evani que se iniciasse mais tardar até quarta feira a operação  tapa buraco, que já esta providenciado o material para operação tapa buraco, e que realmente precisa ser feito, e que esta sendo providenciado, disse que esteve com a Prefeita Evani e com o Secretario onde eles chamaram o Secretario de Obras, autorizaram a compra do material para que seja feito essa operação, aproveito que estava falando sobre asfalto e tapa buraco disse que é importante lembrar que a Prefeita Evani, juntamente com o Secretario Gil, e o Deputado Nelson Justus tem mais Obras para anunciar na cidade, disse que neste ano terá mais 28 quilômetros de asfalto, para ser iniciado logo após o Carnaval, que o Vereador Sérgio participou da conversa, disse que nada logicamente é perfeito, que ele esta batalhando correndo atrás para que as coisa aconteçam, disse que da mesma forma no mesmo dia em que trataram da operação tapa buracos, foi determinado para o Secretário de Obras a questão da área Rural também, disse que se trata não só da melhoria das Pontes, mas das estradas que devida as chuvas, fortes chuvas que ocorreram em longa escala, que o acesso da Limeira até Morretes que liga a BR que é onde a população usa mais, na cidade de Morretes em questão de Supermercado, Saúde, que la estava interditada por desmoronamento, que a Prefeita determinou ao Secretario que desse uma atenção especial a área Rural, bem com as Estradas, bem como a Ponte. Falou que na questão da iluminação pública ouve bastante reclamação quanta a empresa que foi referida, nas licitações que foi feitas nas trocas de lâmpadas, que isto está sendo revisto para que esta demora não aconteça, que ele a alguns dias atrás solicitou alguns pedidos, disse que na grande maioria foi atendido. Disse que não se pode fazer vista grossa que respeita a opinião dos nobres pares que revindicam, mas que também tem de admitir que existe uma Guaratuba antes da Prefeita Evani e uma Guaratuba após a Prefeita Evani, disse que melhorou muito significativamente e que vai melhorar mais, disse que não são um exemplo de Estado, mas que embora o Estado esteja passando por uma dificuldade gigantesca, falou que o Governo esta totalmente atolado até o pescoço, mas que o Município segue de cabeça erguida  graças a lisura da Prefeita Evani e do Secretário Gil, disse ser isso que querem, que embora o Governo infelizmente cometendo trapaças de prejudicar meio mundo inclusive os Professores que o Município esta sadio para continuar crescendo e fazer suas melhorias, disse para não esquecerem nunca disto. Agradeceu.

VEREADOR FABIO CHAVES  - Se dirigiu ao Senhor Presidente dizendo que para finalizar o aparte da Educação, disse que vai fazer um pedido ao Vereador Itamar, disse que é um direito que o Vereador tem que o Vereador Artur também pediu, disse que na Sessão passada quando assumiu como segundo Secretario fazendo parte da Mesa, disse que o Vereador tem direito mas que conhecedor do Regimento por questão de respeito pediu ao Vereador que se ele assim entender, poderiam no dia seguinte com os outros Vereadores sentarem e verem o Projeto  entrar em junto com a maioria entrarem num acordo colocar em votação ou não, pediu para que no dia seguinte se reúnam com os Vereadores, disse ser um pedido que ele faz, APARTE PRESIDENTE OLIVEIRA dizendo que considera a

 

 

 

matéria como vencida, disse que já passou que o Vereador pode solicitar o desarquivamento, e que cabe ao Presidente interpretar o Regimento que é regimental, que cabe a qualquer Vereador entrar contra a atitude do Presidente dentro do prazo quando for pedido a Questão de Ordem, disse que quanto a questão da interpretação do Regimento ele concorda com o Vereador Itamar, e que por isso que ele não quer mais polêmica, que ele quer resolver no dia seguinte soberanamente como diz o Regimento, disse que vai sentar com a Mesa e que provavelmente vai sair do Arquivo este Projeto, disse que pode garantir, e que vão continuar em análise o Projeto na Casa, falou que vai dar um minuto para o Vereador Itamar se explicar, pois ele não quer uma discussão,  O Vereador Fabio volta a falar porque ainda esta com a palavra disse que citou o nome do Vereador Itamar, falo que por essas questões regimentais e por outros motivos, é que ele pediu para o Vereador Itamar , que por respeito ao Vereador, Matéria vencida, que cabe entrar contra o Presidente, disse que todas essas questões serão resolvidas no dia seguinte, que vão sentar com todos os Vereadores  para discutirem sobre tudo, que foi um pedido que ele fez ao Vereador Itamar.  --------------------------------------------------------------------VEREADOR ITAMAR CIDRAL DA SILVEIRA JUNIOR Agradeceu o Senhor Presidente por conceder um minuto.  Disse que aceita o pedido do Vereador Fabio Chaves, falou que a Mesa de fato esta trabalhando e ele acredita que o Presidente tem bom senso, e fez um pedido novamente para não ficar num bate boca, falou que a população vai ter o Projeto desengavetado, desarquivado, agradeceu ao Senhor Presidente dizendo que respeita a opinião dele, mas pediu o direito de redigir o pedido, do seu gabinete para a Mesa Diretora, agradeceu ao Senhor Presidente. ----------------------------------------------------------------------------VEREADOR FABIO LUIZ CHAVES – Agradeceu ao Vereador Itamar, e disse que pode ter certeza que ele vai cobrar disse que vai junto à reunião que é um projeto importantíssimo, que foi levantado no momento certo, disse para discutirem o que ficar melhor para a sociedade, disse que no dia seguinte vão se reunir. Salientou que na Sessão Solene ele registrou a ida da Secretária Regina Torres a Brasília, que ela teve uma reunião às 15h30min com o Ministro da Educação Cid Gomes, e que também estava presente a Secretaria Nacional da UNDIME Cleuza Re... e que também estava a Secretária de Guaratuba que era representante da Região Sul, tinha também uma representante do Mato Grosso, Goiás, Pernambuco, São Paulo, Rio Grande do Norte, que foi feito reivindicações um representante da Região Sul e que para Guaratuba veio muita coisa para somar, disse que tem algumas coisas para falar, mas que a lista é grande, mas que ele não vai se estender com os professores Diretores alguém ligado a Educação, falou que com certeza essas manifestações da educação vão ser matéria de Jornal, disse que esteve conversando com a Vereadoras Cátia, que esta vindo os Tablets e uniformes para todas as escolas, e para todos os alunos, disse que só queria registrar. Agradeceu. ---------------------- VEREADOR ARTUR CARLOS DOS  SANTOS – Dirigiu-se ao Senhor Presidente, dizendo pela liderança do PSD , citou o Vereador Raul Chaves que não esta no momento, falou que foi firmado um Convênio com a COHAPAR para regularização dos terrenos do Caieiras, disse que tinham a preocupação com o Convênio com a COHAPAR, que alguns casos vão ser estudados porque tem pessoas, que não tem condições financeiras para fazer a regularização, e que também tem pessoas com muito dinheiro que podem pagar pela área, disse que tem uma preocupação que seja resolvido caso a caso. Disse que o Diretor da COHAPAR que agora é o Nelson Justus Filho, que seja dado toda a assistência ao Bairro, que daqui a três anos todo aquele povo tenha o seu documento, para que fiquem mais sossegados, que possam trabalhar, disse que todos os pescadores tem uma

 

 

 

casa boa, mas disse que tem alguns que até o acesso a casa esta complicado, parabenizou a Prefeita pela iniciativa, bem como os moradores que estão se organizando tentando da melhor maneira possível reivindicar os direitos deles, e de poderem pagar os impostos, que foram meio abusivos, disse que foi requerimento para nova medição, disse que a COHAPAR estude casa a caso, para trazer felicidade para o povo que tanto trabalha, e  não mais uma preocupação e uma prestação que eles não possam pagar. Agradeceu. ---------------------------------------------------------------------------------------------------------

ENCERRAMENTO – Nada mais havendo para ser deliberado, o Presidente agradeceu a presença de todos os presentes e aos internautas e deu por encerrada a presente Sessão às vinte e duas horas e três minutos, marcando nova Sessão Ordinária no dia vinte e três de fevereiro de dois mil e quinze às vinte horas. Para contar eu  (Edilson Garcia Kalat – Secretario Geral) bem e fielmente redigi, digitei e conferi a presente Ata. ------

MORDECAI MAGALHAES DE OLIVEIRA

Presidente

SERGIO ALVES BRAGA

1º Secretário

FABIO LUIZ CHAVES

2ª Secretário

Notícias

Resumo da sessão do dia 10 de junho de 2019

A Câmara Municipal realizou no dia 10 de Junho  a 17ª Sessão Ordinária do 1° Período Legislativo de  2019, sob a presidência do Vereador Claudio ...

Meio Ambiente é assunto durante sessão desta ...

A Câmara Municipal realizou no dia 03 de Junho a 16ª Sessão Ordinária do 1° Período Legislativo de 2019 sob a presidência do Vereador Claudio ...