Câmara Municipal de Guaratuba

Rua Carlos Mafra 494, Centro, Guaratuba - Paraná - Fone (41) 3442-8000 | 3442-8001 - camara@camaraguaratuba.pr.gov.br - Atendimento Público: 12 as 18 | Sessões: Segunda as 20hs

Atenção!

Qualquer dificuldades no acesso ao portal da transparência é por motivos de mudança de software de gestão pública

ATA DA DÉCIMA SEXTA (16ª) SESSÃO ORDINARIA DO SEGUNDO (2º) PERIODO LEGISLATIVO DE 2014 - DIA 17 DE NOVEMBRO DE 2014.

DATA - HORARIO – LOCAL – aos dezessete dias do mês de novembro do ano de dois mil e quatorze, às vinte horas no Plenário da Câmara Municipal de Guaratuba, Estado do Paraná. -------------------------------------------------------------------------

PRESENÇAS – MORDECAI MAGALHÃES DE OLIVEIRA – Presidente, ARTUR CARLOS DOS SANTOS – Primeiro Secretário, MARIA DA SILVA BATISTA – Segunda Secretaria, ITAMAR CIDRAL DA SILVEIRA JUNIOR – Vice-Presidente e demais Vereadores: LAUDI CARLOS DE SANTI, RAUL CHAVES, JUAREZ SERAFIM TEMOTEO, CATIA REGINA SILVANO, FABIO LUIZ CHAVES, ANA MARIA CORREA DA SILVA MAURICIO LENSE, JOAO ALMIR TROYNER e SERGIO ALVES BRAGA. -----------------

ABERTURA – Sob a proteção de Deus e verificando a existência de número legal de presentes o Presidente declarou aberta a Sessão. ---------------------------------------

APROVAÇÃO DA ATA DO DIA 03 DE NOVEMBRO de 2014 e 10 DE NOVEMBRO DE 2014. ----------------------------------------------------------------------------------

Não houve ratificações e foram aprovadas. ---------------------------------------------

EXPEDIENTES RECEBIDOS – ofícios do executivo, ofícios informando repasses ao Executivo. ----------------------------------------------------------------------------------

Proposições dos Vereadores  - Vereadora Maria da Silva Batista – patrolamento na Rua Rio Negro e troca de lâmpadas – APROVADO. Vereador Mauricio Lense – colocação de sinalização e faixa de pedestre em frente a Creche Raio de Sol – REJEITADO COM SETE VOTOS CONTRARIO E SEIS VOTOS FAVORAVEL. Vereador Mauricio Lense – colocação de quiosque de informações turísticos na praia central – REJEITADO COM SETE VOTOS CONTRA E CINCO FAVORAVEL. Vereador João Almir Troyner – construção de pontos de Ônibus em frente as Escolas do Município na Área Rural de Guaratuba – APROVADO. Vereadora Cátia Regina Silvano – implantação de placas preferenciais nos cruzamentos em toda a extensão da Rua Guarani – REJEITADO COM SETE VOTOS CONTRA E CINCO VOTOS FAVORAVEIS. Vereador João Almir Troyner – limpeza da Rua Pedro Alvares Cabral – APROVADO. --

Requerimentos do Executivo – requerimento do Poder Executivo pedindo urgência ao Projeto de Lei nº 1368 – autoriza o Executivo Municipal a efetuar a Abertura de Crédito Especial no Orçamento do Município de Guaratuba, para o exercício de 2014. -------------------------------------------------------------------------

MATÉRIA APRESENTADA – não houve. -----------------------------------------------

ORADORES INSCRITOS NO LIVRO DE DEBATES. ----------------------------------

VEREADOR JOÃO ALMIR TROYNER – Primeiramente agradeceu a Deus, e a Nossa Senhora Aparecida. Cumprimentou o Senhor Presidente, nobres pares, Senhores, Senhoras, Internautas. Iniciou falando não saber se no início de sua fala alguém vai interpretar o que ele vai falar como particular, mas que na verdade não pode deixar de falar, porém disse que costuma muito na Tribuna falar em nome de Nossa Senhora Aparecida, citou que nesta semana coincidentemente, alguém deve ter comentado: será que era um velho caduco, que onde será que ele achava que tinha amigos, onde ele acha que existe tanta fé. Disse que voltou um pouco  no tempo, citou que lembrou plenamente que quando é que o amigo é valorizado, a família, e quando é que se tem fé, disse ser uma testemunha viva que quando se está numa cama de hospital, num coma pré- induzido, e que quando houve as pessoas ao seu redor dizendo “este não dá mais, esse já foi, minha Nossa Senhora”, disse que as pessoas falam para rezar, reunir os amigos, reunir a família, falou que é naquele momento que as pessoas valorizam. Que as pessoas sabem que o ser humano só existe quando se tem fé, quando tem uma família, quando tem amigos, Disse que o ser humano, que não tem fé, que não tem família, que não tem amigos, não existe, disse que no momento em que se está na situação de coma, que não adianta ter dinheiro, não adianta ter poder, que não adianta nada, disse que se dinheiro resolvesse a Maria Rita esposa do Roberto Carlos não teria morrido. Disse que acredita piamente, que existem sim amigos, que acredita que a fé move montanhas, que a fé é muito importante na vida do ser humano, salientou não querer fazer nenhuma apologia política, nem uma discussão simplista, mas que vivesse em um país Republicano, que não vivesse muito menos numa Monarquia e nem numa Ditadura, disse saber perfeitamente que a estrutura publica é do povo para o povo, e que muitas vezes na caminhada política, principalmente os que têm anos de política, os que têm seus familiares, citou a Vereadora Catia que o pai dela que foi um grande nome na Casa, Senhor Amélio, o ex Vereador Waldemar Chaves, disse que tem de prestar a atenção quando alguém tenta deslegitimar o que é normal o que é viável. Que é para beneficiar o povo, e não para beneficiar uma ou duas pessoas, citou que viver hoje num município onde se pode vangloriar de ter uma Prefeita que vem administrando a cidade na medida do possível, mas que é de uma maneira correta, numa maneira transparente e com muita honestidade, pediu para pensarem se estivessem como na situação: fez uma comparação citando a cidade de São Jerônimo da Serra  que foi notícia no Fantástico, que na segunda feira foi notícia em todos os tele jornais, ficaria muito difícil, ele vê que o Senador Pedro Simão fala claramente, que ouviu recentemente o Senador dando uma Palestra a centenas de Vereadores do Rio Grande do Sul e que o Senador disse uma coisa muito séria “quando o político começa a olhar no retrovisor tem de se preocupar”, citou que o político tem de olhar sempre para o futuro, olhar sempre para a frente, para deixar o retrovisor de lado, como diz o Senador Aécio, que falou tanto em retrovisor que acabou ficando de lado. Disse que ele respeita a Democracia, e que não pode se conformar com pessoas que agem de forma turbulenta na política, que esses fazem parte do outro lado, de forma turbulenta de forma desonesta, falou que estão vivenciando na cidade momentos felizes, sabe que ainda há muito a se fazer para melhorar o município, para prestarem atenção no que esta sendo feito e da maneira que vem sendo feito, por dizer que esta fazendo aquilo que foi proposto, mas que não tudo, porque o Vereador não consegue fazer tudo, disse ser uma grande verdade, falou que o Vereador comparasse ao Ministro do Paraná em Brasília, que o Ministro é Ministro, mas que nunca consegue fazer aquilo que quer, disse que tem Ministros do Paraná desde 1864, quando Dom Pedro II chamou o primeiro Paranaense para ser Ministro da Agricultura, ele não lembra direito, mas acha que era Jesuino de Sá, disse que vê às vezes pessoas desinformadas acharem que o Vereador é Secretário de Segurança, que o Vereador é Secretário de Estado, disse que não é assim, disse que é muito difícil que vê a boa vontade de todos os Vereadores, mas que ele sabe das dificuldades, que quando apresentam, como ele que apresentou a proposição dos pontos de onibus ele sabe claramente que quantos Vereadores já pediram , disse que a hora que este pedido for atendido o pedido não será do Vereador Almir, de jeito nenhum, disse ser de todos os Vereadores, que vem ao longo do tempo solicitando esses pontos de ônibus. Disse que ser Vereador é uma dificuldade de responder tudo àquilo que o povo pede e pergunta, mas que é um direito do povo de cobrar, e que os Vereadores têm a obrigação de dar a resposta sim ou não, é a obrigação dos Vereadores, disse que tem de ser pensado de maneira coletiva, que fazem parte de um colegiado de treze Vereadores eleitos por pessoas que moram em Guaratuba, Guaratubanos, comentou que cada um dos Vereadores tem uma ideologia política, mas que precisam se respeitar, disse que falou com muita clareza, e espera que ninguém interprete de maneira errônea ou diferente, mas que fica preocupado quando é votado contra uma proposição, sendo que todos sabem que todos os Vereadores podem fazer a mesma proposição, disse que isso é comentado na Casa, que as vezes dez Vereadores fazem a mesma proposição e não são atendidos, e que pode acontecer que o décimo primeiro peça e que seja atendido, é preciso entender que o Executivo muitas vezes não esta preparado para atender aquela proposição, e que no decorrer do tempo o Executivo vai atender, ele disse que sabe que vem a sarrafada, que o eleitor vai dizer que pediu para o Vereador fazer e o Vereador não fez, mas o outro conseguiu, frisou que o pedido já foi feito lá atrás, disse saber que o atendimento do Executivo, principalmente como o Executivo da Prefeita Evani que é muito correta, que ela tenta fazer as coisas da melhor maneira possível e que sempre vê a lei 8666, disse que fazer Licitações, e que as pessoas acham que fazer licitação de um dia para o outro a licitação está pronta. Falou que a premissa da Lei 8666 é a economicidade a transparência, pediu que as proposições não sejam votadas contrárias, que as proposições são uma das poucas oportunidades que o Vereador tem de responder ao povo que esta fora da casa, disse que se o Vereador pudesse responder e atender o eleitor em tudo, que seria uma maravilha, mas que não é em Guaratuba, é em todo mundo acontece isso.  APARTE VEREADORA CATIA REGINA SILVANO disse que é a única coisa tem de respaldo para chegar ao eleitor e dizer “eu pedi”, mas que não foi aprovado pelos demais Vereadores, mas que o pedido foi feito, ou então dizer que não foi feito pelo Executivo, que é o documento de defesa do Vereador. Continuando o Vereador Almir volta a falar que sem dúvida nenhuma o Vereador Sergio Braga falou que é o mais tempo na Casa disse que ele é um exímio conhecedor de tudo o que acontece dentro da Casa, que o Vereador Sergio sabe que se os Vereadores não fizerem as suas proposições, que se não puderem responder aos eleitores, que vai chegar uma hora que os seus filhos, netos, vão questionar o que nós fizemos como Vereador, que não tem nada que diga que foi ele que fez, disse que é um pedido que ele faz, mas que ele não sabe se ele tem esse direito, mas que do fundo de seu coração, e com muita sinceridade, citou que a proposição é a única coisa que conseguiram para responder aos eleitores. APARTE VEREADOR SÉRGIO ALVES BRAGA parabenizou o pronunciamento do Vereador Almir, que vai jogar no fogo o Diretor da Casa, que talvez não tenha uma pessoa ao lado dele que faça um levantamento de todas as proposições que foram feitas no decorrer dos dois anos e meio quase três anos, e que muitas delas, dez ou treze Vereadores pediram a mesma coisa, disse que não foi votado favorável, mas que foi esclarecido, e outros também que tiveram suas proposições, citou que amanhã pode ser ele, que vai aceitar normalmente, mas que lá fora ele espera que os Vereadores ou Vereadoras da Casa, ao chegarem na terça feira, na quarta  ou na quinta, quando forem entregar as proposições para aquele que solicitou explique o porque que não foi votado a favor, disse ser importante, e que os Vereadores votaram por picuinhas, ou que não vai com a cara do Vereador Artur, ou que não vai com a cara do Vereador Oliveira ou do Vereador Fabio, que isso seria muita burrice, que estariam indo contra Guaratuba, falou que foi votado foi explicado ponto por ponto porque foi votado contra, citou que existe dois ou três projetos que já faz quinze vinte anos que estão brigando, que é a construção de dois Portais, falou que a Prefeita prometeu que vai construir o ano que vem nas duas entradas da Cidade, sendo um Ponto Turístico, junto com a Polícia Rodoviária, com a Assistência Social, para que seja averiguado quem esta entrando na cidade, o que veio fazer na cidade, que de madrugada é visto muita gente entrar na cidade que vão tirar terras, lotes de pessoas que não estão na cidade, falou que para tirar essas pessoas é muito difícil, ressaltou querer deixar claro, que o que é votado contra, mas com explicação, nada contra o Vereador Almir, ou outro que seja, comentou que se for coisa boa para o município, que muito bem, disse que votaram contra Pintura, mas que esta sendo feita, disse ser a mesma coisa se chegar no dia seguinte e ver uma máquina arrumando uma rua e for em outra rua e ver a pessoas pintando, e chegar no dia seguinte fazendo a proposição para na rua tal patrolamento, na outra rua fazer a pintura, disse que ele estaria usando de má fé, e sendo sacana, porque ele viria a pessoa fazendo e vem solicitar aquele serviço, que o que ele votou contra é que já existe o ponto turístico, que vai ter gasto na Praia Central. Que vai ter mais gasto para a Prefeitura, e que ele acha que na vai resolver, que as pinturas estão sendo feitas, Parabenizou novamente o pronunciamento do Vereador Almir. Prosseguindo o Vereador Almir volta a falar, dizendo que quer deixar claro que o seu pronunciamento não foi para dizer que viu alguma coisa, disse que pensa que é a única maneira do Vereador responder ao seu eleitor, e disse também achar inadmissível e que o Diretor da Casa não deu procuração para isso, mas que diante do tamanho do trabalho que o Diretor desenvolve na casa, que ele não ia conseguir, o Vereador Sergio comenta que comento que o Diretor deveria ter alguém ao seu lado para fazer este tipo de trabalho que sabe que o Diretor esta acarretado de serviço, mas que o Presidente que esta ouvindo no Plenário talvez contrate alguém para esta função. APARTE VEREADOR FABIO CHAVES comentou que ouvindo atentamente a sábias já palavras do Vereador Sergio, é sempre rico em suas falas, e quanto às proposições, não é por ciúme nem vaidade, que o que é para ser votado na Casa e que aconteça no município, falou que vai acompanhar e que é favorável que não vai atrasar nada de ninguém, salientou que já pediu há alguns meses atrás ao Presidente, e que foi informado, que se houvesse uma ou mais proposições parecidas que não tinha como passar, e que no seu gabinete podia alguém acompanhar, que isso já foi pedido la atrás, disse que já fez varias proposições a casa, pedido de um de outro, e que começou a adotar um sistema disse que pega a proposição do Vereador Almir pediu e entregava na casa dele, citou aconteceu varias vezes que ele levou que por outro lado, as pessoas que pedem dizem que solicitaram a um Vereador, e esse outro comenta que o outro não vai fazer que acontecesse com um Vereador da Casa e com um servidor de dentro, disse que a pessoa não respeitou o pedido,  poderia ter dito o serviço foi feito, foi executado o que o Vereador, disse que fica feliz que acontece porque quem ganha é Guaratuba. Falou que respeito dentro da Casa ele tem, mas que fora usam de ma fé para respeitar o pedido, que sabem que o pedido é do outro que pegam carona, citou um exemplo, citou Vereador Sergio no começo do ano, foi pedido um asfalto na Rua Almirante Tamandaré, que o Vereador Sergio havia pedido em outra gestão, que esteve lá que foi orientado que a máquina iria a um dia que ia passar o asfalto e que ele acompanhou dois três dias, disse que ficou sabendo, que o Vereador Sergio havia mostrado que era um pedido, uma proposição, projeto dele, o Vereador Fabio disse que pediu perdão ao Vereador Sergio, e este respondeu que isso só veio a somar, comentou que se os Vereadores olhassem as proposições que estão acontecendo que no mínimo vem na Casa falar do Vereador que pediu a proposição, que fique bom para todos. APARTE VEREADOR MORDECAI MAGALHÃES DE OLIVEIRA pediu que antes de solicitar um aparte que seguissem o Regimento Interno, e que fosse utilizado, apenas um minuto do tempo, cedeu ao Vereador Almir mais cinco minutos que os apartes já tomaram o tempo dele. Continuando o Vereador Almir volta a falar, dizendo que ele e o Vereador Sérgio têm várias proposições, que o Vereador Sérgio tem mais que ele, e que estas proposições são de pedidos de pinturas de estacionamento de motos na Avenida, e que até hoje nem ele nem o Vereador Sérgio foram atendidos, mas que ele acha que vão ser atendidos, ele acha que diante das pinturas que estão acontecendo que eles vão ser atendidos, disse que são várias proposições do Vereador Sergio e dele, citou o Vereador Fábio dizendo que com todo o respeito, fala com a palavra amigo, com a maior boa intenção, ressaltou ter todos como seu amigo, e que se algum não quiser ser seu citou que a proposição é a única forma dos Vereadores responderem aos eleitores. APARTE VEREADOR RAUL CHAVES diz que só quer citar que amigos são poucos, que amizades são bastante e que dentro da na Câmara desde 2013 a 2016 está complicado, que não tem  amigos dentro da Câmara, mas que tem um querendo derrubar o outro, de diversas maneiras, citou que dentro da Câmara como Vereador não existe amigos, mas que da porta para fora pode ser, mas que dentro do Plenário não existe amigos, com proposições, requerimentos que não existe amizade, sempre é um querendo detonar o outro do jeito que puder que ao invés de ter um ambiente direcionado a fazer as coisas em benefício do Município e automaticamente ao povo, é um querendo esmagar o outro. Prosseguindo o Vereador Almir, que reinicia falando que vai fazer um comentário que ele considera uma vitória, mas que quer deixar mais uma vez um recado, que é um a vitória que já se iniciou lá atrás, e volta a falar do Vereador Sérgio que ele considera um decano, dizendo que não tem como não visualizar o Vereador, que o Vereador esta a muitos a nos e que conhece a Casa, que o Vereador conhece o regimento como ninguém, citou o Vereador Itamar que também é um profundo conhecedor que o que vai falar é uma coisa que vai acontecer agora, mas que já em outra época, lembrou que comentou sobre esse assunto, que no mês de abril ou maio do ano em curso ele fez um pronunciamento na Casa e que ele foi acompanhado do Deputado Nelson Justus até Garuva, onde conversaram com o Vice Prefeito, com alguns técnicos para ver o que eles poderiam fazer para que seja resolvido o problema do sinaleiro de Garuva, lembrou que o Vice Prefeito falou que de imediato ele não tinha uma resposta para dar a eles, e que depois numa festa na área rural ele estava com Deputado Francischini e conversaram com o Prefeito na época, disse que agora num final de semana conversando com eles num encontro que houve, o Prefeito passou um a informação que será boa para todos, que será bom para os Vereadores e para os turistas também, que a partir do dia 18 do mês será iniciada uma obra, que a princípio esta obra terá algumas partes asfaltadas e que outras vão ser colocados material, que será iniciada a construção de uma marginal, que essa marginal vai dar oportunidade de que quando os veículos chegarem no Posto Maré Mansa, que pega a marginal corta por dentro de Garuva, que vai sair na BR 376, sendo aberto todo esse trajeto, e que grande parte 70% já esta asfaltado, e que os outros 30%  não vai asfaltar de imediato, pois não haverá tempo viável para isso, sendo todo sinalizado com placas direcionando a Curitiba, tirando um pouco dos veículos, que congestionam a entrada, salientou que no início vai ser difícil, pois as pessoas vão ficar meio na dúvida, mas que a estrada de terra vai ser muito bem conservada segundo o Prefeito, e que só no inicio e que depois pega o asfalto que tem dentro de Garuva que corta e vai sair na BR 376, não havendo necessidade de pegar a estrada de Pedra Branca ou de Cubatão, sendo uma vitória de todos os Vereadores, uma vitória da Câmara Municipal de Guaratuba, que não dessa legislatura mas de todas as outras, ficando muito bom e será viável para os Turistas. ------------------------------------------------------------------------------------------

ORDEM DO DIA – ------------------------------------------------------------------------

PROJETO DE LEI N° 577 – Torna obrigatório em edificações destinadas a estabelecimentos bancários e correspondentes, instalações de câmeras externas de videomonitoramento para fins de controle da Segurança na entrada e saída de clientes. RETORNOU DA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO JUSTIÇA E REDAÇÃO COM PARECER FAVORAVÉL. EM DISCUSSÃO O PARECER – EM VOTAÇÃO O PARECER – APROVADO. --------------------------------------------------------------------------------

PROJETO DE LEI Nº 1361 – dispõe sobre as diretrizes para a elaboração da Lei Orçamentária Anual para 2015 e dá outras providências. APRESENTADA SUBEMENDA COM SETE ASSINATURAS O PRESIDENTE CONSIDEROU APROVADA. O VEREADOR SERGIO ALVES BRAGA SOLICITOU AO PRESIDENTE QUE FOSSE COLOCADO EM PLENARIO PEDIDO DE VOTAÇÃO DO REFERIDO PROJETO DE LEI VISTO O MESMO ESTAR COM TRAMITE DE REGIME DE URGÊNCIA. O PLENARIO SE MANIFESTOU FAVORAVEL AO PEDIDO DO VEREADOR SERGIO E O PRESIDENTE COLOCOU O PROJETO EM DISCUSSÃO. EM SEGUNDA DISCUSSÃO O PROJETO DE LEI COM A SUBEMENDA – EM SEGUNDA VOTAÇÃO O PROJETO COM A SUBEMENDA – APROVADO POR UNANIMIDADE. -------------------------------------------------------

PALAVRA LIVRE - ------------------------------------------------------------------------

VEREADOR RAUL CHAVES – cumprimentou o Senhor Presidente, Senhores Vereadores, Senhoras Vereadoras, Senhoras e Senhores presentes. Começou falando que  na Casa se fala muito em fiscalizar, cobrar, que ele já falou muito, mas que o ponto principal parte de dentro da Casa, que a moralidade deve estar dentro da Casa, falou que no mês de janeiro de 2013 discutiu e tentou interferir na reforma da Casa, disse que não lhe foi apresentado uma licitação, um pregão eletrônico uma carta convite nada, que até o momento ele não sabe dos valores que foram autorizados pela Mesa Diretora. Ressaltou que os Vereadores não estão fiscalizando dentro da Casa, comentou que tem muitos Vereadores que não fiscalizam e que querem cobrar a fiscalização fora, e que ele sempre cobrou fora e que cobra dentro, desde janeiro de 2013, fevereiro que foi feito reforma, diz que não sabe o valor, que não sabe quais as empresas que participaram e mais nada, que a Mesa Diretoria deve levantar isso e entregar em suas mãos para que na próxima semana ele possa ir para a Tribuna, e falar como foi o que foi solicitado os trabalhos de que maneira foi executado e qual foi o gasto, disse que na Câmara não se pode colocar a sujeira debaixo do tapete, e sim tirar, falou que os Vereadores estão para fiscalizar eles mesmos, disse não interessar aonde vai doer, aonde vai cortar, que tudo tem de ser muito claro, muito explícita, falou que esta engasgado, e que não é de ficar engasgado desde de janeiro e fevereiro de 2013,disse que foram a minoria em uma eleição os cinco e que foram impedidos de participar  de reuniões de Gabinete, como falou na Sessão passada, que escolheram até os Gabinetes, que ele principalmente e o Vereador Maurício, que ficaram espremidos, e que até hoje ele não abriu a boca, que esta quieto esperando que dias melhores viram, disse que fala tanto em fiscalizar e cobrar, e que dentro da Casa ninguém esta cobrando o que de direito e de obrigação dos Vereadores, comentou que quando cita certas situações, ele disse que sempre foi contra os veículos da Câmara e que continua sendo, que ele usa o veículo porque tem direito, e que os outros também tem e usam, e ele não vai deixar de usar, citou certas situações de usar máquina do município para benefício próprio, disse que tem de vir a tona tem de vir com nome, que quando ele chega na Tribuna livre e tiver nomes ele vai falar, e que não quer nem saber em quem vai doer, que tem que clarear com nome, solicitou a documentação da reforma de Casa em janeiro e fevereiro, quer as empresas que participaram, quer saber quais as que ganharam as que não ganharam, de que maneira foi feita, disse que o povo tem que ficar sabendo, que é muito ruim ficarem encobrindo coisas deles mesmos. APARTE MORDECAI MAGALHAES DE OLIVEIRA - falou que ficou anotado o Requerimento do Vereador Raul, mas disse que Regimentalmente ele teria que fazer por escrito, mas quem junto ao quadro Regimental o Vereador vai receber completa toda a licitação, a dispensa de licitação que foi feita no Prazo de 30 dias conforme Regimento. ------------------------------------------------------

VEREADOR FABIO LUIZ CHAVES – cumprimentou o Senhor Presidente, Senhoras, Senhores Vereadores, Ilustres visitantes. Iniciou dizendo que ouvindo os oradores na Tribuna preferiu não tocar no nome de Vereador nenhum, para não se estender muito, disse que dois Vereadores sabem que se fala em oposição, oposição, toda hora imprensa, imprensa, disse que é da situação, da base, que em várias oportunidades no meio do ano no ano que passou que estiveram junto com as empresas, pedindo requerimentos, que esteve com o Vereador fora da cidade levantando documentos, que tiraram fotos, que estão no Gabinete, que passaram para a Vossa Excelência, e que no momento certo eles vão usar e vão cobrar que encaminhou através de requerimento ao Ministério Público, e que acreditam que vai ser apurado, e que tem de acreditar, disse ficar chateado, por que chega ao Plenário, e ouve comentário que algum Vereador chega na Tribuna e fala, que o Vereador tal falou isso aquilo, disse que o Vereador Raul acabou de falar, e que ele anotou, perguntou sobre o carro passeando final de semana, que seria bom, sabe que é imoral, mas que também precisa saber que as pessoas que estão falando de fora, sem tem provar que tem de mostrar, disse que a vezes as pessoas que estão falando é amoral e que é incapaz até de analisar ou cobrar alguma coisa. Disse que na Tribuna se tem prova apresenta, porque senão vai ficar no ar, citou Vereador Fabio, Vereador Raul, Vereadora Maria, questiona quem é o Vereador, quem está usando o carro do Município quem esta usando a máquina, disse para mostrar o documento provando, falou que fica como na sessão passada, que estiveram no Tribunal de Contas, que foram contra a favor, documentos, e que vários pedidos que fez na Casa, requerimento, que ele não trouxe, mas que pegou o documentos que o sua assessoria fez o requerimento, que foi ao Ministério Público, que alguns estão guardados para que sirvam de provas, tudo o que acontece na Casa dizem que ele é oposição, disse parecer que estão jogando ele contra o povo, falou que fica desagradável, chato, que ele não está porque é da oposição ou da base, que sua oposição é Guaratuba, mas sim para defender  o povo , que não adianta fazer sensacionalismo, que se tiver de cobrar tem de cobrar, que é obrigação dos Vereadores cobrar, que várias vezes ele cobrou e que levou documentos, que deu documentos para a Vossa Excelência, que assinou vários documentos, com vários Vereadores. Disse que tem de separar as coisas, que matéria vencida, disse que a Vossa Excelência citou o 009, e ele parabenizou Vossa Excelência, que foram no Fórum, no Ministério Público travou que o projeto foi engavetado, perguntou quantos Vereadores assinaram, quantos foram contra, e que ninguém, sai gritando aos quatro ventos, disse que são treze e que não adianta ficarem infelizmente querendo aparecer disse que não é dessa maneira que se trabalha,  disse ser assim, e se ele estiver errado que lhe cobrem que cobrem na rua, disse que o povo está sabendo, que se quiserem colocar na rede social que podem colocar, mas que deve ser esclarecido dentro da Casa, que se o fulano fez aquilo, que seja mostrado, que apresente quem é, disse ser muito fácil chegar e dizer que o Vereador está roubando, mas que na Tribuna, os Internautas estão ouvindo que o povo esta a imprensa esta vendo, e que se tiver alguma contra a imprensa, que brigue com a imprensa que processe a imprensa, ou o  Executivo. Ou a empresa, que não tem necessidade de ficar gritando na Tribuna, disse que o Vereador Almir acabou de falar, vamos votar para Guaratuba fazendo oposição, que em duas sessões atrás, disse que estiveram em Curitiba várias vezes na Secretaria de Segurança, acompanhando  que o comandante esteve na Câmara que também esteve o Promotor, o Procurador do Município, disse que teve uma Sessão na Câmara que disseram que aos Vereadores que conseguiram o carro a moto que estão em Guaratuba, que também disseram que conseguiram o Pessoal que esta descendo da Segurança  que o Governo do Estado mandou, disse que como nós se eles estiveram juntos em Curitiba, perguntou que equipe que era, falaram que Vereador Fulano, cicrano, disse que eram em treze e que estavam brigando por isso, disse que foi falar com o Vereador Almir, e que ele respondeu que era treze Vereadores que era Guaratuba, disse que é muito bonito falar que vamos pensar em Guaratuba, fazer composição por que é bom, disse que esta usando a palavra de Vossa Excelência. Citou o Vereador Sérgio em outros mandatos  o Vereador Raul e outros Vereadores disse que foram para Curitiba juntos, que cobraram do Secretário, que o Comandante de Paranaguá esteve na Câmara, disse que quando sai o negócio, vem alguém dizendo “nossa equipe conseguiu” disse que equipe, citou que são treze, falou sobre os méritos, o Vereador pediu a Senhor Presidente se podia usar sua liderança. E o Senhor Presidente autorizou o Vereador disse que quer registrar o que disse que não esta usando sensacionalismo e que para ele é barato, e que tem de cobrar, cobrar da pessoa certa, que se precisar falar da empresa, que falem, mas que tragam documento, disse que podem chegar para ele e dizer “Vereador você fez uma coisa errada” disse que podem falar que fora da Câmara são todos amigos, e que dentro da Câmara se o Vereador estiver errado, que podem cobrar, pediu para que todos se unam e que cobrem juntos, mas que todos sabem disse que pelo menos da parte dele, que seu ideal, seu caminho, porque ele foi eleito para isso, disse que briga em termos legais para ter a licitação de uma empresa que a Vossa Excelência sabe qual é, diz que tem documentos, fotos, que no momento certo ele verificar que tem algo errado, disse que se houver algum problema que ele vai ao Ministério Público e fala para lembrarem-se da vez que ele achava que estava errado e mostra as provas falou que fez um requerimento e que, não lhe entregaram então ele diz para usarem os meios legais, e que se chegarem e pedirem para ele assinar algum requerimento ele assina, diz que vai junto sem problema, mas que tem de ver se esta certo e dar nome aos bois, Disse que o trabalho dos Vereadores é bonito, tem de fiscalizar tem de acompanhar, e que ele é favorável a algumas situações, mas disse que da impressão que quando votam favorável, é o pessoal que diz que foi comprado, disse para provarem, e para não ficarem jogando os  treze Vereadores da Casa contra o povo, Voltou a falar que é da situação que é da base, mas que se precisar de alguma coisa se precisar ir em algum lugar junto ele vai. Agradeceu. ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

VEREADOR JUAREZ SERAFIM TEMOTEO - cumprimento o Senhor Presidente, Senhores Vereadores, Senhoras vereadoras, público presente, disse que na questão das últimas reuniões o que ele tem a dizer é que da Vergonha ser Vereador, diz que é tanta ofensa na Casa um ao outro, que ninguém mais está se respeitando, parecer que estão vivendo na faixa de Gaza, ofendem e que não dizem qual é o documento que está errado, qual é a denuncia que estão fazendo, falou que todo mundo sabe que existe o Ministério Público, que na sabe como tem cidadão que vem a Casa de Lei, e perde duas horas e quarenta e dois minutos, como foi perdido na última terça feira, disse que não levou a nada e a lugar nenhum, que fuçaram duas horas se ofendendo mutuamente, e que isso para eles é feio. Falou que para eles perante a sociedade é vergonhoso, que o Senhor Presidente esqueceu até de pedir a prorrogação, da Reunião. APARTE MORDECAI MAGALHAES DE OLIVEIRA - citou que Regimentalmente tem três a horas de duração cada reunião. O Vereador Juarez prosseguindo disse que ficaram discutindo que não se levou a nada, disse que houve denuncia em cima de denuncia, que mostraram papeis, e que ninguém disse nada, falou que se houver denuncia, tem o Ministério Público, se houver ofensa, para se ofenderem nos seus Gabinetes, como disse o Vereador Sergio, “roupa suja se lava em casa”, ele duvida que tenha internautas que agüentem duas horas e quarenta e dois minutos, escutando besteiras. Disse que é sincero em dizer que se continuar nesse ritmo ele tem projetos bons para 2015, falou que vai afastar as mesas e vai transformar em um ringue no meio, disse que  do jeito que está indo vai se transformar em um ringue. Agradeceu. -----------------------------------------------------------------------------------------------------

VEREADORA MARIA BATISTA DA SILVA – Cumprimentou o Senhor Presidente, Senhores Vereadores Público presente, primeiramente agradeceu a todos que estão presentes e  disse que vai ser breve em seu comentário, disse ser a respeito do documento que apresentou na semana passada, onde foi taxada de mentirosa, confirmou aos presentes e aos internautas, que o documento é verídico, que ela não é uma pessoa ignorante. Para chegar ao ponto de vir contar mentiras. Agradeceu. ------------------------------------------------------------------------------------------

VEREADOR RAUL CHAVES - Disse não querer tirar os mérito do Vereador, que se pronunciou na Tribuna sobre o desvio de  Garuva, que terça feira passada ele esteve na Prefeitura de Garuva, que conversou com o Prefeito, e que o Prefeito estava saindo para atender o pessoal da construção de umas casas, que o Prefeito telefonou para aguardarem mais uns minutos, para conversar com eles, disse que o Vereador Sergio estava junto, mas ficou no carro, o Prefeito mostrou o traçado novo da  rodovia,  dentro do Gabinete dele  que estão fazendo para o Porto, que vai sair com viadutos com marginais, e que explicou direitinho e que vão fazer pelo Palmital uma saída para desviar, e que a maioria disse que o Prefeito falou para ele, que ele esta repetindo o que o Prefeito falou dentro do Gabinete dele, falou  mostrou o       projeto e que vai tirar o fluxo da rodovia em 80% a 90% do sinaleiro, que vão ser colocadas placas indicativas, disse que um Vereador comentou que não existe placa falando sobre  Guaratuba, o Vereador Raul disse que o Prefeito comentou que vão ser colocadas placas tanto para Guaratuba como para Itapoá, disse que vai ser contorno, um viaduto feito pelo Governo do Estado de Santa Catarina, que esta sendo feito a rodovia  que vai para  o Porto, que o Projeto esta no Gabinete do Prefeito toda a documentação que qualquer Vereador que tiver duvida e quiser, disse que liga para o Prefeito, e que é recebido no Gabinete, porque entre todos a amizade que tem , disse que é primo do Prefeito, e que o Prefeito disse que a hora que ele precisar é só pedir que ele atende, informações sobre esse Projeto, o Prefeito disse que a hora que ficar pronta a obra podem ver se alguém tem dúvida tudo esta regular, a documentação tudo, o Vereador Raul disse que se for possível ele traz na semana seguinte o Projeto para ser ,mostrado a todos, disse que não quer desmerecer ninguém, mas que esta falando aquilo que ele escutou do Prefeito , aproveitou que foi a Garuva para resolver outros assuntos e foi até a Prefeitura para ver esse Projeto, e que esta torcendo por saia essa rodovia que é um Projeto do Governo do Estado em conjunto com os empresários do Porto, que não é mérito de ninguém e sim do pessoal de Garuva, que não é do Paraná, que não é mérito nenhum de Vereador, de Prefeito de Deputado do Paraná, de Governador, disse que é único e exclusivamente de Santa Catarina, disse que ele tomou conhecimento e que qualquer Vereador pode ir lá ver o Projeto. Disse que ele pode intervir e marcar como Prefeito de Garuva, se algum Vereador tiver dificuldade em marcar algo com o Prefeito. Disse que vai ter asfalto pelo contorno para o Porto de Itapoá e vai ter a continuação na  412 que é a nossa rodovia, disse que bom que aconteça, que vai ser bom para que vem para Guaratuba, para os que viajam, e que vem de São Paulo e outros lugares e que vem para as praias de Santa Catarina. Agradeceu. ------------------------------------------------------

VEREADOR JOÃO ALMIR TROYNER - disse que perfeitamente, existe em Garuva, e que existe o Contorno Sul que vai sair do Posto 10 em direção a Joinville e vem até a PR 412, ou seja, até o Palmital, disse que foi falado na Casa no começo do ano, disse que esse é um contorno para desafogar o transito que passa por dentro de Garuva, no sentido  Garuva -  Guaratuba, disse que o que falou na Tribuna é que era uma marginal para desafogar o Transito no sentido Guaratuba – Garuva, disse que um de um lado e que o outro é do outro lado, disse que essa marginal fica a direita de Garuva, entrando por dentro de Garuva, e que o Contorno Sul já esta  praticamente quase pronto, que no encontro que tiveram e que o Prefeito estava explicando que só não esta pronto por causa de indenizações e por causa da Fábrica de Trator que necessita desta rodovia, disse que esse Contorno Sul ira sim beneficiar muito Guaratuba principalmente para quem usa aquela rodovia até para ir a Itapoá, falou que o Contorno Sul já tem os Viadutos que esta sendo feito na BR no sentido para Joinville que esta tudo pronto, porém o que ele mencionou, é uma marginal, Guaratuba – Garuva, saindo pela direita de Garuva, desviando o sinaleiro, que é para os Turistas que vem a Guaratuba, que possam desviar o sinaleiro e sair na BR, disse ser viável tanto o Contorno Sul, quanto a marginal, disse que é muito importante, e que os turistas é que vão ganhar com isso. Agradeceu. -------------------

VEREADOR RAUL CHAVES - disse que no mês de outubro o Vereador Fábio veio com uma camisa rosa porque era o mês das mulheres, e que no mês de novembro, diz que esta com a camisa azul porque tem um motivo, muitos machões que dizem que ele não faz exame de próstata, coisa parecida eles só falam, mas fazem também, contou que fez duas ou quatro vezes e não é vergonha para ninguém, falou que o homem não vai ficar menos homem. ---------

VEREADORA CATIA REGINA SILVANO - Cumprimentou o Senhor Presidente, Senhores Vereadores, Senhoras Vereadoras, público presente, disse que em nome dos moradores da Avenida Guarani, vem trazer os parabéns para a Prefeita Evani Justus por ter realizado uma excelente obra na Avenida Guarani Agradeceu. ----------------------------------------------------------------

VEREADOR FABIO LUIZ CHAVES - disse que adora a camisa Rosa, que é moderna que o outubro rosa mês mundial da prevenção do Câncer, porque homenagem as mulheres tem de ser todo dia. ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

ENCERRAMENTO - não havendo nada mais a ser deliberado o presidente deu por encerada a presente sessão às dez horas e cinco minutos e marcou nova sessão ordinária para o dia vinte e quatro de novembro do ano de dois mil e quatorze às vinte horas. Para contar eu   (Edilson Garcia Kalat – Secretário Geral) bem e fielmente redigi, digitei e conferi a presente Ata. ------------                                              

MORDECAI MAGALHAES DE OLIVEIRA

Presidente

ARTUR CARLOS DOS SANTOS

1º Secretário

MARIA DA SILVA BATISTA

2ª Secretária

 

Notícias

Resumo da sessão do dia 10 de junho de 2019

A Câmara Municipal realizou no dia 10 de Junho  a 17ª Sessão Ordinária do 1° Período Legislativo de  2019, sob a presidência do Vereador Claudio ...

Meio Ambiente é assunto durante sessão desta ...

A Câmara Municipal realizou no dia 03 de Junho a 16ª Sessão Ordinária do 1° Período Legislativo de 2019 sob a presidência do Vereador Claudio ...